Dicas de Sucesso: Organizando as Informações Relacionadas à Sua Empresa

Determinar o uso correto de informações de mercado é essencial para o sucesso do empreendedor. Mas como se separa o útil do lixo? 

Toda empresa - grande ou pequena - lida com um enorme fluxo de informações, a maior parte delas relacionadas a tendências de mercado e inovações em seu nicho de atuação. O problema é que a quantidade de informação obtida é muito grande - e nem tudo é útil para a companhia a longo prazo. E aí o empresário tem um problema: ele se vê envolto por planilhas, números e percentuais, gráficos dos mais variados estilos e cores e análises "completas" de todos os tópicos possíveis e imagináveis, empilhando gavetas e servidores, para nunca mais serem revisitados.

A questão do "lixo empresarial" tornou-se mais contundente recentemente, com a virtualização de arquivos antigos. Hoje, é comum diretores e CEOs levarem em consideração espaços em disco e unidades de armazenamento dedicados exclusivamente à manutenção de informações mercadológicas úteis e pesquisas. Com base nisso, veja algumas dicas que podem auxiliar o empreendedor a otimizar o uso de seu espaço, mantendo apenas material que é conveniente à sua empresa - e dando fim ao lixo acumulado:

Melhore o que você já tem: a sua empresa só evolui até onde o conhecimento de mercado dela permitir. Isso dito, é primordial separar "o joio do trigo". Revisite seu arquivo de pesquisas e veja o que, de acordo com a posição que a sua empresa representa no mercado hoje, ainda pode lhe servir. Material antigo demais ou muito atrelado a outras áreas de negócio geralmente constituem a maior parte do lixo. Uma faxininha cai bem...

Aprimore processos de pesquisa: De nada adianta você encomendar pesquisas se você não sabe o que quer com elas. Defina um nicho de atuação e, quando os resultados chegarem, faça com que todos os funcionários tenham acesso a eles. Assim, todos os que lerem podem ter ideias e interpretações diferentes, levando a novos insights e colaborando mais com os frutos que vierem desse estudo, o que nos leva ao próximo tópico...

Invista em seu pessoal: Profissionais especializados em análise, embora muito valorosos, estão em falta. Quando se requer o serviço de um, geralmente um cheque com muitos zeros pode ter que sair do bolso da empresa. Por mais que esse gasto sempre seja recomendado, é interessante também que seus gerentes e profissionais "de mesa" também sejam capazes de interpretar tais dados. Nem sempre o analista estará disponível (ou você estará disposto a gastar o que ele vai pedir...).

Incentive e viralize: Existe uma atribuição das pesquisas que poucos empresários usam. Elas podem fazer com que seus funcionários queiram se dedicar mais. Através dos dados em suas mãos, você pode encorajar a experimentação, fazer com que um empregado ouse mais e tente mais inovações. A confiança dele aumentaria consideravelmente, sem falar nos benefícios de relacionamento.

Fonte: Olhar digital
fonte da imagem: gettyimages

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More