O Papel Dos Pais no Sucesso Dos Filhos

Um dos principais responsáveis pelo fracasso no processo de escolha profissional é a falta de apoio e atenção dos pais e a falta de realização de um trabalho preventivo

Por Maurício Sampaio

Várias são as preocupações que os pais possuem em relação a formação de seus filhos, principalmente na adolescência: violência, estudos, amizades e futuro profissional. Essa fase é marcada por mudanças significativas; biológicas, hormonais e atitudinais. Chegada a etapa da adolescência, mais precisamente no Ensino Médio, outra questão vem a tona: o futuro profissional. Uma grande parte dos jovens que está terminando os estudos passa a ficar mais preocupada com as suas escolhas, indecisa quanto as profissões e universidades, e seus pais com o seu projeto de vida.

Frente a esses desafios, muitos pais estão buscando fórmulas para ajudar a preparar seus filhos para uma nova fase da vida, mais propriamente dito para o mercado do trabalho. Muitos pais procuram por escolas consideradas fortes com o "ensino puxado" como costumam dizer. Oferecem a oportunidade de estudo de uma segunda língua, quase sempre o inglês por estar presente em boa parte dos continentes. Os que possuem mais condições financeiras enviam seus filhos para momentos de intercâmbio, ficam fora do país durante o período de seis meses a um ano para aprender uma segunda língua. Os pais investem em cursos de informática, cursos técnicos e em tudo que acharem que pode, de fato, contribuir para a preparação e o sucesso profissional dos filhos.

Mesmo com toda essas preocupações e investimentos, nem sempre as coisas dão tão certo como se imagina, muitos jovens desistem dos cursos superiores, abandonam a universidade logo no primeiro ano, refazem os cursos mais de uma vez, e ai começa a grande batalha.

Para se ter uma ideia a evasão universitária chega ao índice de 40% a 50%, sendo 30% relacionado aos cursos da USP (Universidade de São Paulo) uma das mais concorridas no Brasil.

Alguns relatórios analisados nos exames de vestibular das universidades públicas, como UFRGS e a UFSC, contataram que 25% a 30% dos alunos aprovados anualmente nos vestibulares já declararam ter iniciado antes um curso superior. São números impressionantes se levarmos em consideração os quase seis milhões de universitários. Fico pensando quanto tempo foi gasto e quanto dinheiro foi jogado fora. Questiono, ainda, o que poderia ter salvado essas estatísticas?

Ao longo dos meus atendimentos enquanto orientador educacional e vocacional, pude observar que um dos principais responsáveis pelo fracasso no processo de escolha profissional é a falta de apoio e atenção dos pais e a falta de realização de um trabalho preventivo.

Deixe-me explicar melhor, o pais não deve realmente apoiar tudo a não ser as boas causas, e dar apoio não significa dar dinheiro, comprar carro, pagar boas universidades, cursos e viagem, um bom apoio significa suporte, estar lado a lado, conversar, buscar soluções juntos, validar as escolhas e não se omitir de uma responsabilidade conjunta.

Muitos pais deixam que seus filhos escolham por si próprios seu futuro profissional, achando que está ajudando, sendo legal, porém boa parte dos jovens ainda não tem maturidade suficiente para resolver essa complexa decisão. Segundo pesquisa realizada pelo Portal Educacional 65% dos jovens em fase de vestibular e escolha profissional procuram ajuda de seus pais e uma boa parte deles dizem para que os filhos escolham o que quiser!

Quando coloco que falta um trabalho preventivo, estou me referindo também ao sistema de ensino que está falho em vários aspectos, principalmente na preparação de seus alunos para o mundo do trabalho. Poucos são os casos de escolas que se preocupam com isso desde a infância. Você deve estar achando estranho, infância? Sim, desde sedo as crianças deveriam estar sendo preparadas, obviamente obedecendo suas condições cognitivas e de desenvolvimento, a lidar com aspectos fundamentais ao sucesso profissional, e isso não tem sido feito na maioria das instituições de ensino, infelizmente.

O novo mundo está apresentando um mar de oportunidades e possibilidades aos para as novas gerações, e os pais, podem e devem contribuir para que seus filhos tenham sucesso no futuro.


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More