Mostre para seus amigos

Conte para seus amigos sobre o Blog do Cabra, e curtam nossa página no Facebook!!!

Actio Consultoria e Treinamento

A ACTIO é uma consultoria empresarial que transforma grandes idéias em realidade e desenvolve projetos de acordo com as necessidades de seus clientes, traduzidos em inovação, desenvolvimento, e melhoria nos resultados da organização.

O Blog do Cabra recomenda

Ações de Motivação Dos Funcionários Necessitam de Equipe e Líder Maduros, continue lendo no Blog Administrando Você.

Destaque do Blog do Cabra

Muitos gostaram deste assunto, um assunto bastante procurado e mereceu destaque.

A disposição de todos

Nossos colunistas estão a disposição de todos para tirar dúvidas e sugestões, deseja ler sobre um assunto? Fale para nossos colunistas.

Os Cinco Segredos do Sucesso de Richard Branson

O empresário da Virgin oferece alguns conselhos a quem está começando seu negócio 

O empresário britânico Richard Branson disse há um tempo que sempre era questionado sobre a fórmula para ter um negócio bem sucedido. Depois de algum tempo pensando se o império da Virgin – que nasceu como loja de discos, depois virou companhia aérea, banco e, mais recentemente, quer levar turistas ao espaço – havia sido resultado de um estratégia única, ele formulou os cinco segredos de seu sucesso.

1. Você precisa gostar do que faz

Começar um negócio é uma tarefa que demanda um tempo enorme e muito trabalho, então o melhor é gostar do que está fazendo e aproveitar. “Quando comecei a Virgin no porão de um apartamento em Londres, o meu objetivo não era construir um império. Eu queria apenas criar alguma coisa da qual eu gostasse e que pagasse as contas”, escreveu em um artigo para a Entrepeneur.

“Não havia um grande plano ou estratégia. O próprio nome da empresa surgiu assim do nada. Uma noite eu estava conversando e bebendo com uns amigos e decidimos chamar nosso grupo Virgin, já que éramos todos novos no negócio. O nome pegou e ficou”.

Para Branson, construir um negócio é algo que todo empreendedor tem de ter orgulho em fazer. Trazer gente talentosa para a iniciativa e criar algo que fará diferença na vida das pessoas devem ser parte essencial do projeto. “Um empreendedor ou empreendedora é quase um artista. Você começa com uma tela em branco. E, como um bom artista tem de colocar cada detalhe da maneira exata na tela, um empreendedor também tem de acertar cada coisinha desde o início para ser bem sucedido”, afirmou. Com uma ressalva: “Ao contrário de uma obra de arte, um negócio nunca está completo. Ele evolui constantemente”.

“Se um empreendedor decidir criar um negócio para fazer a diferença na vida das pessoas e conseguir chegar lá, ele será capaz de pagar as contas e ainda por cima ganhará um negócio bem sucedido.”

2. É preciso criar algo que chame a atenção

Seja um produto, serviço ou marca, não é fácil começar uma empresa. Para dar certo, Richard Branson diz que é preciso se destacar no cenário dos negócios. Citando negócios que deram certo nos últimos 20 anos – Microsoft, Google e Apple – ele lembra que sua marca em comum é o fato de que terem mexido com o mercado e deixado sua marca. “Essas companhias criaram algo que nunca tinha sido visto antes e continuam inovando, por isso estão entre as forças dominantes do mercado”, afirma o empresário.

3. É preciso criar algo que traga orgulho a todo mundo que trabalha com você

Negócios são formados por um grupo de pessoas, nunca se esqueça disso. “Elas são o seu maior ativo”, ensina o criador da Virgin.

4. Seja um bom líder

“Como líder você tem de ser um bom ouvinte”, diz Branson. O empresário, que iniciou sua carreira há mais de 40 anos, acredita que o empreendedor de sucesso deve conhecer muito bem seus pontos fortes e ter em mente sua estratégia. Isso não significa, porém, impor sua visão aos outros sem discussão. E por uma simples razão. “Ninguém tem o monopólio sobre as melhores ideias ou a melhor decisão”, diz.

“Ouça as pessoas e aprenda com elas. Como líder, você tem de ser extremamente bom em elogiar as pessoas. Nunca critique abertamente os outros; nunca perca a cabeça e sempre seja generoso com elogios aos colegas sempre que eles fazem um bom trabalho”, afirma.

Para o empresário, as pessoas “florescem” quando recebem elogios. E, em geral, sabem quando fizeram algo errado, por isso chamar atenção para as falhas é praticamente desnecessário. Até mesmo para funcionários que não estão rendendo em uma determinada posição, Richard Branson aponta uma alternativa ao “passe agora no RH”. “Uma companhia tem de ser uma família. Então veja se não existe um outro trabalho em outro setor que seja mais adequado a essa pessoa. Na maioria dos casos, você acabará encontrando algo que funciona para cada tipo de personalidade.”

5. Esteja sempre na mira dos outros

“Seja visível”, diz Branson. “Um bom líder não fica sentado no seu escritório. Eu nunca trabalhei em escritório – sempre trabalhei de casa – mas eu circulo muito, saio para encontrar as pessoas. Passo muito tempo viajando, mas sempre tenho um notebook comigo para anotar minhas ideias, preocupações e dúvidas”.

Como dono da Virgin Atlantic, Richard Branson tem por hábito conversar com passageiros e membros da tripulação para saber o que eles acham do serviço, o que não está bom e poderia ser melhorado. “Se você fizer isso, terá pelo menos umas dez sugestões ou ideias”, diz. “Se eu não escrever isso em algum lugar, vou lembrar no máximo de uma no dia seguinte. Se escrever, vou lembrar das dez”. Outra dica: ao conversar com clientes, é importante anotar seus nomes e e-mails de contato para responder às solicitações mais tarde”.

Na hora de contratar funcionários para cargos de gerência e diretoria, é importante que eles tenham a mesma filosofia de trabalho. “Com isso é possível administrar um grupo de empresas da mesma maneira que se faz com uma pequena empresa ou negócio de família – mantendo um ambiente sempre amistoso e cooperativo”, afirma.

Com isso em mente, a preocupação será manter o negócio ativo para sobreviver no mercado – um dos maiores desafios das companhias. Para esses, Richard Branson também tem um conselho. “É duro sobreviver. No começo você não tem tempo nem energia para se preocupar em salvar o mundo. Você briga o tempo todo para pagar as contas. Mas se por acaso você não conseguir manter a empresa ativa, apenas lembre-se que a maioria dos negócios não dá certo. As melhores lições que se pode aprender vêm do fracasso. Então não desanime, não desista. Levante e tente novamente”.


fonte da imagem: gettyimages

Os 8 F's do Insucesso Das Lojas Virtuais

Saber o que está fazendo é primordial na hora de montar o negócio online 

Arnaldo Korn*

O negócio virtual é tão ou mais real do que qualquer outro negócio e oferece certos riscos de investimentos. Infelizmente no Brasil, 60% das lojas virtuais fecham antes de completar um ano de vida. Por que isso acontece e como evitar? Conhecendo as respostas, a chance de sucesso aumentará muito. Por isso é importante conhecer os motivos principais que levam a decadência, chamados por mim de os 8F’s do insucesso:

1 – Falta de Planejamento: Planejar nunca foi uma atividade muito bem exercida pelo empreendedor brasileiro, talvez seja esse o motivo do SEBRAE apontar um insucesso na casa dos 53% para as micro e pequenas empresas nos 3 primeiros anos de vida. É impossível almejar o sucesso sem o planejamento prévio. A ferramenta mais importante nesse planejamento é o "plano de negócio", o pontapé inicial que deve ser dado respondendo as seguintes questões: O que vou vender? Quem vai montar minha loja? Quem é o meu concorrente? Quanto gastarei para iniciar o negócio?

2 – Foco no Mercado: Não tente vender de tudo, deixe isto para as grandes lojas. Lembre-se que a internet é um mercado totalmente diferente de uma loja física e que seu público é infinitamente maior. Procurar se especializar em um segmento específico é o começo. Na internet uma pequena fatia de mercado representa milhões de consumidores, basta ter "foco".

3 – Falta de mão de obra qualificada: Não basta saber navegar na internet, é importante conhecer minimamente o "gerenciamento de e-commerce": marketing digital, ferramentas de otimização, monitoramento de trafego. Estes três itens são básicos e essenciais.

4 – Falha na divulgação: Para dar um pequeno exemplo, imagine uma loja em rua movimentada, cheia de produtos nas prateleiras e com portas fechadas. Uma loja virtual sem divulgação é igual, ninguém consegue ver e portanto ninguém irá comprar. Aqui entra em ação o "planejamento de marketing e divulgação", para otimizar o site nos mecanismos de busca, natural ou patrocinado, apoio em redes sociais, divulgação em outros sites, assessoria de imprensa, etc.

5 - Falta de Planejamento Logístico: Um assunto delicado que acaba rendendo 80% dos desconfortos e demandas jurídicas entre a loja e o consumidor. Sabendo-se deste fato, é bom fazer um planejamento de maneira delicada e detalhada do seu sistema de lojística.

6 - Fraude: A fraude, principalmente na venda com cartões de crédito, poderá acarretar grande prejuízo à loja virtual, levando ao seu fechamento, além de acabarem devendo às operadoras em função de antecipações negativadas em suas contas. Portanto, não é bom arriscar neste campo minado. Utilize portais especializados em pagamentos com sistema antifraude conferindo grande segurança nas transações.

7 - Falta de Monitoramento: Muitas lojas acabam fracassando, pois a sua administração não consegue ou não sabe visualizar o que esta ocorrendo em termos de análise de acessos, resultados de campanhas e marketing. Acabam tomando decisões - na maioria das vezes erradas - baseadas em suposições. Sendo assim, a web análise é uma ferramenta importantíssima no mundo virtual, sendo primordial que o web empreendedor se familiarize com o "Google Analytics" ou algum outro similar. 

8 - Falha no Atendimento: Muito se fala em atendimento - e deveria se falar muito mais - e a sua loja pode ser virtual, mas o seu cliente é real e necessita de atendimento. Seu cliente precisa saber exatamente o que esta acontecendo com o seu pedido de compra, seu site precisa ter um bom canal de comunicação com o cliente e transmitir a este credibilidade.

* Arnaldo Korn é diretor presidente do portal Pagamento Já.
Fonte: Olhar digital
Fonte da imagem: gettyimages

10 Superdicas Para Vender Mais

Quer vender mais? Aprenda comigo técnicas infalíveis para abordar um cliente e deixá-lo satisfeito

por Leo Branco 

Quando fiz 15 anos,ganhei da minha mãe várias blusas de lã que ela confeccionava. Mais do que uma demonstração de carinho, era uma estratégia de vendas. Por onde quer que eu fosse, usava as peças que ela fazia. Depois vendia numa loja em casa. Eu ajudava minha mãe a atender os clientes e tratava de contar pra todo mundo - amigas, vizinhas e colegas de escola - quem havia feito minhas roupas. Deu certo! Um cliente chegou a comprar dez peças numa única vez! E eu descobri minha vocação. 

Dou palestras para empresas 
Na faculdade, estudei Administração, Marketing e Gestão de Recursos Humanos. Fiz uma pós-graduação sobre a importância do treinamento de um funcionário na hora de vender um produto. Esse trabalho me rendeu um emprego numa consultoria de vendas, a Invent, em São Paulo. Hoje dou palestras para empresas. Selecionei aqui as dez dicas mais importantes que ensino a quem quer aumentar suas vendas. Elas valem para qualquer negócio. Aprenda, pratique e bons lucros! 

1- CONHEÇA SEU PRODUTO 
Essa dica pode parecer óbvia, mas o vendedor perde a credibilidade e a possibilidade da venda quando um cliente faz perguntas que ele não sabe responder. Fui chamada por uma loja de materiais de construção que vendia um seguro de vida por R$ 4, com direito a sorteio de prêmios. Apesar do preço baixo e de o produto ser oferecido a todos os clientes que passavam pelo caixa, saíam apenas dois seguros por dia. Ao visitar a loja, entendi o problema.

Ao ser abordada para comprar o produto, perguntei qual era a cobertura do seguro e como funcionava o sorteio dos prêmios. Ninguém sabia. Eu não comprei o produto e expliquei isso aos funcionários numa palestra. Soube que eles tiveram aulas sobre o seguro e passaram a vender mais. Um funcionário vendeu sete em apenas duas horas! 

2- SAIBA QUEM SÃO SEUS CONCORRENTES 
O vendedor deve conhecer suas vantagens em relação a outros que vendem o mesmo produto e deixar isso bem claro ao cliente. Certa vez, atendi uma escola de inglês voltada para funcionários de empresas. O proprietário estava descontente porque tinha apenas um grande cliente.

Mas na hora de apresentar seus serviços, ele não mencionava suas vantagens. Depois da minha consultoria, ele percebeu que o diferencial da sua escola era ter dois professores que se intercalavam nas aulas, ao invés de apenas um, o que enriquecia o aprendizado dos alunos. Ele passou a divulgar isso e já fechou negócios! 

3- O QUE SEU PRODUTO FAZ? 
Descrever as qualidades técnicas de um produto não garante a venda. As mulheres não compram cosméticos pela composição química, mas pela esperança de ficarem mais belas. Mostre aos clientes os benefícios do produto. Uma vez, um diretor de uma loja de eletrodomésticos reclamou que seus funcionários não sabiam vender seguros para residências.

Na abordagem ao cliente, eles apenas perguntavam: "O senhor deseja um seguro?". Nada mais chato! Expliquei que os vendedores deveriam ressaltar as vantagens do produto: a tranqüilidade e a segurança de ter a casa protegida contra arrombamentos, por exemplo. Quando esses pontos são destacados, o cliente enxerga a necessidade do produto e fecha a compra! 

4- INOVE SEMPRE PARA GANHAR NOVOS CLIENTES 
Quem busca novas formas de vender um produto e está aberto a mudanças tem condições de acompanhar as transformações da vida de seus clientes e de aumentar a clientela! Conheci uma senhora de 60 anos que revendia cosmésticos em esquema tradicional: passando o catálogo de produtos de porta em porta. Ainda que trabalhasse mais em alguns dias, seus ganhos eram os mesmos. Aí ela resolveu inovar. Primeiro, passou a revender marcas diferentes, para atender um público mais amplo. 

Com o crescimento das vendas, ela teve condições de oferecer descontos de 15%. Graças a essa vantagem, conseguiu a permissão de uma empresa para vender seus produtos entre os funcionários. Hoje ela só trabalha lá dentro, em uma banca com três funcionárias, e é uma das recordistas de vendas da primeira marca de cosméticos que representou. 

5- TRANSFORME OS AMIGOS EM CLIENTES! 
Quem faz parte do seu círculo social conhece e confia em você. Na hora de adquirir um produto, eles podem não só comprá-lo de você como apresentá-lo a outros compradores. Só comecei a dar palestras porque fui convidada por um ex-colega de trabalho. Além disso, faço pinturas nas horas livres. Mencionei isso a amigos e vendi quadros para conhecidos deles! 

6- VOCÊ É O SEU MARKETING 
O cuidado com a aparência e a maneira como você aborda o cliente são essenciais.Minha mãe vendia blusas de lã e era uma pessoa muito preocupada em estar na moda. Aos olhos de suas clientes, ela era uma mulher antenada. As compradoras queriam imitá-la! Hoje, o marketing pessoal deve ser estendido ao mundo virtual. Mas cuidado com o que você revela na internet. Quem confiaria, por exemplo, no serviço de um médico que coloca fotos no Orkut em que está passando mal de tão bêbado? 

7- ABRACE OS RISCOS E SURPREENDA 
O bom vendedor vai atrás dos seus ideais e não foge dos riscos. Lembro do marido de uma amiga que aceitou uma proposta pra mudar de emprego e vender produtos hospitalares. Ele topou ganhar seis vezes menos. Porém, gostar do produto fez com que ele trabalhasse muito mais. Assim, as comissões pelas vendas garantiram um salário maior que o anterior. 

8- SAIBA O QUEQUER E ONDE PRETENDE CHEGAR 
Um vendedor que não gosta do que vende perde a credibilidade com seus clientes. Aos 18 anos, meu padrasto faleceu e eu passei a trabalhar em uma oficina de pintura e funilaria. Eu não entendia nada daquilo e nem gostava do ramo. E os clientes percebiam, claro. 

9- ENCARE OS ERROS COMO OPORTUNIDADES DE APRENDIZADO
Toda ação gera um resultado, que às vezes é ruim. Não encare isso como um erro, mas como uma chance de melhorar. Minha cunhada, que vende perfumes, sempre dobrava o estoque quando surgiam descontos nos catálogos. Só que os clientes nem sempre compravam mais e ela ficava com produtos no estoque. Com o caixa prejudicado, ela pagava fornecedores com atraso, gerando multas que não compensavam os descontos. Hoje ela compra com mais critério e em menores quantidades. 

10- ACOMPANHE SEU CLIENTE 
Pergunte ao cliente se ele foi bem atendido por você. Isso dará a ele a confiança para continuar comprando com você. Faço isso em minhas palestras. Exponho publicamente as respostas positivas e também aprendo com as críticas. Ao responder às dúvidas posteriores de quem participa dos meus treinamentos,identifico necessidades e melhoro meu trabalho. 


Conteúdo do site: SOU MAIS EU!
Fonte da imagem: gettyimages

[28.03.2013] EMPREGOS + ACTIO = OPORTUNIDADES



Vagas de disponíveis na cidade de: Natal - RN

"O impossível não é um fato, o impossível é uma opinião"
Charlie Brown Jr.


----------------------------------------------------------
Acesse a ACTIO Consultoria e Cadastre seu currículo, é GRÁTIS o Cadastro:
----------------------------------------------------------
VAGAS:

Emprego como Analista Fiscal - Natal/RN

Principais atribuições:

- Escrituração Fiscal;
- Apuração do ICMS;
- Conferência de TADF;
Preenchimento e envio de declarações para o Estado (GIM, Sintegra e SPED Fiscal);
Apuração de Impostos Federais e Municipais (PIS, Cofins, IRPJ, CSLL, IRRF e ISS).

Requisitos:

Nível superior em Ciências Contábeis;
Experiência nas rotinas do departamento fiscal;
Conhecimento do pacote office.

Os interessados devem enviar currículo (com urgência) para o e-mail: benavidesrh@natal.digi.com.br, com o título da vaga no assunto.

----------------------------------------------------------

Emprego na área Contábil - Natal/RN

C&S SOLUÇÕES CORPORATIVAS
EMPRESA DE CONTABILIDADE
CONTRATA

Contabilista e/ou estudante de Ciências contábeis com experiência mínima de 06 meses, para atuar na áreaCONTÁBIL E/OU FISCAL.

Perfil profissional Exigido para área Contábil : Apto a executar a contabilização e conciliação de contas, cálculos de tributos, análises de balancetes, nas atividades de Construção Civil, Comércio e Serviços.

Perfil profissional Exigido para área Fiscal – Escrituração fiscal, elaboração e análise de GIM, DDS Informativo Fiscal, apuração de CMV, SPD entre outras rotinas inerentes as esferas estadual e municipal.

Perfil Pessoal Exigido: Ter hábito de estudar, ser proativo, disciplinado, comprometido e ter bom relacionamento interpessoal.

Enviar currículo para o E-mail: rh@ces-solucoes.com.br

----------------------------------------------------------

Emprego como Secretária - Natal/RN

CONTRATAÇÃO IMEDIATA
VAGA: SECRETÁRIA DE DIRETORIA
EMPRESA: ECOCIL S/A

FORMAÇÃO ACADÊMICA: Ensino Superior cursando/completo na área Executiva/Administrativa

EXPERIÊNCIAS/ HABILIDADES DESEJADAS: Experiência como secretária de diretoria;
Conhecimentos de informática: Ferramentas utilizadas - Word/ Excel/ PowerPoint/ Internet e Outlook
Inglês Intermediário (É necessário que se consiga manter conversações de nível intermediário).

BENEFÍCIOS: Salário Fixo + Plano de saúde + ticket alimentação + Vale transporte
REGIME DE CONTRATAÇÃO: CLT (Efetivo);

Interessados enviar currículos com o título “SECRETÁRIA” para: rh@ecocil.com.br

----------------------------------------------------------

Emprego como Correspondente Imobiliário - Natal/RN

Sobre a vaga: Correspondente Imobiliário, Segunda a Sexta, das 8h às 12h e 14h às 18h e sábados até as 12h.

Requisitos:

Até os 25 anos
Conhecimento em pacote Office
Interessados devem enviar currículos para curriculo@atle.com.br

----------------------------------------------------------

Emprego como Consultor Hermes

Vaga: Líder de Equipe HERMES (CONSULTOR MASTER)

Descrição: Se você é empreendedor, gosta de vendas e liderança de equipes, seja uma Máster HERMES!
Veja a seguir, como é fácil!
Sem investimentos, você vai lucrar muito mais com os Catálogos HERMES!
Entre em contato conosco, e seja uma Máster HERMES!

A Máster indica 1 Nova Consultora para a HERMES Georgino Avelino e ganha 12,00 por cada indicação válida. (nesse caso não é necessário se cadastrar)

A partir de 10 Indicações, a Máster terá direito a uma Porcentagem Exclusiva*, sobre o valor das vendas de suas Indicadas. ( é necessário fazer seu proprio cadastro, pois, a mesma possuirá um codigo interno com a hermes.)
*Para maiores informações, entre em contato conosco

Uma Máster HERMES, é responsável por gerenciar e estimular a atividade de revenda de suas Consultoras, distribuir os catálogos, e captar Novas Consultoras para sua equipe. (apos ser cadastrada para começar a ganhar os 5%)

Uma Máster é o elo de ligação entre a Franquia HERMES Georgino Avelino e as suas Consultoras, que revendem diretamente os catálogos HERMES para suas clientes.

Os interessados enviar email com o titulo " MASTER HERMES", com Nome Completo, Telefone e Endereço para vanilsonsantos@hotmail.com.br

Não é necessário enviar curriculum



Direto ao Ponto



Ouvir é fundamental na venda, sabemos disso desde sempre. Mas falar aquele detalhe importante sobre o produto tornou-se uma atitude de vital importância para fechar a venda com clientes seletivos que valorizam cada vez mais o conteúdo da informação certa na hora certa.

por Moacir Moura

A venda é uma relação de confiança que se concretiza a partir da interatividade entre comprador e vendedor. E para se estabelecer um diálogo crescente e produtivo rumo ao fechamento, o vendedor-consultor precisa dominar os seguintes conhecimentos:

- necessidades do consumidor

- benefícios impactantes

- diferenciais competitivos

- desempenho do produto

Quanto mais caro e sofisticado o produto, mais atendimento profissional é exigido. Trabalho direcionado e certeiro, algo que transforma um simples vendedor em consultor esportivo, no caso de tênis de alta performance, como são alguns modelos da Adidas, Nike e Mizuno, por exemplo. Adote isso com os produtos que você trabalha.

O atendimento no ponto de venda ganha outra dimensão, um relacionamento entre especialistas e verdadeiros apaixonados pela marca que gostam de esmiuçar detalhes. Tênis, cara? Muito bem, qual é o esporte e para que terreno? Poderia levantar o pé para vermos sua pisada?

Sim, porque a mercadoria é de alta tecnologia e requer conhecimentos aprofundados sobre o produto, a finalidade, o cliente e seus sonhos. Pés normais, cavos e planos. Pisada neutra, supinada (para fora) e pronada (para dentro); terreno plano, acidentado, peso do atleta, detalhes da marca e por aí afora. Se o vendedor conhecer tudo isso, sai negócio numa boa. Se não, o cliente salta para outra loja. E com os seus clientes, o que acontece quando faltam informações vitais sobre o produto?

Detalhes decisivos que a propaganda tradicional não consegue passar. O atendimento personalizado faz a diferença na hora h da venda. Um trabalho para o super “Ekin” (Nike ao contrário, apelido de quem conhece o produto de trás pra frente), como é chamado no varejo esse “consultor” em tênis de alta performance, cujo preço varia de R$ 100,00 a R$ 1.000,00.

Para trabalhar com esses produtos inteligentes é preciso treinamento e muita dedicação. A versão Adidas 1, vendido por R$ mil reais nas lojas especializadas vem com um processador que “lê” a pisada do corredor e ajusta o nível de amortecimento, como faz a suspensão inteligente dos automóveis.

Há nesse nicho de mercado uma venda anual de 18 milhões de pares de tênis especiais (*) no Brasil. Um detalhe: 85% dos clientes não são corredores profissionais, mas apaixonados pela marca e tão ou mais exigentes do que aqueles que fazem do esporte sua profissão. Lojistas e fornecedores descobriram que não há estratégia de crescimento melhor do que um cliente satisfeito. Seja lá o que você vende, móveis, automóveis ou imóveis, faça um trabalho personalizado, não se limite a falar o que está escrito no catálogo dos produtos.

Vários componentes se entrelaçam nesse competitivo universo. Tecnologia, emoção, comprometimento com a marca, fixação pela corrida da inovação travada entre as empresas, e a sensibilidade do vendedor-consultor. Diante de tudo isso, este segmento dá exemplo para o varejo que precisa valorizar muito mais o treinamento da sua equipe. Essa corrida não tem linha de chegada e quem não se preparar estará fora. O cliente quer muito mais do que você vem oferecendo atualmente em termos de atendimento personalizado. Nada mais desagradável do que um vendedor despreparado.

A Mizuno saiu na frente com o “pedígrafo”, equipamento eletrônico com monitor, scanner, computador e esteira elétrica. A partir da imagem digitalizada dos pés do cliente e da análise da sua corrida, é possível selecionar qual o tipo de tênis mais indicado para ele. Sucesso de venda por onde passa, a parafernália tecnológica faz rodízio entre as lojas de alto desempenho. 

Moacir Moura

Escritor, palestrante especialista em gestão e motivação de pessoas. 

moacirmoura@terra.com.br 

(*) Mercado brasileiro de tênis, em milhares de pares, segundo dados da CouroModa e Ablac:

50 milhões – Uso casual;

22 milhões – Indicados para alguma prática esportiva;

18 milhões – Alta performance.

Fonte: empreender para todos
Fonte da imagem: gettyimages


Planejamento Estratégico: Como Anda o Seu?


Que dia é hoje? Pare e olhe no calendário. Sim, hoje é dia 3 de novembro. Veja bem, faltam menos de dois meses para o ano acabar. Você já fez um balanço de 2011? Como foi este ano para as suas vendas? E a sua equipe, chegou aonde precisava? E você, desenvolveu-se, melhorou os pontos que estavam meio capengas no ano passado? Que porcentagem das suas metas do planejamento estratégico para 2011 foi alcançada?

100%? Que ótimo! Agora, se você me diz (ou pensou): “Raúl, mas nem fiz esse planejamento no ano passado”, chegamos ao ponto-chave da nossa conversa. Uma empresa, ou um profissional, não sobrevive sem se planejar. Por um tempo, isso até é possível, enquanto a empresa é pequena, não passando de um milhão em faturamento, mas, após certa fase, o planejamento é inevitável (ainda que você não goste muito de planilhas, números) para garantir o crescimento contínuo e dar o norte de ações que a empresa vai seguir durante determinado período.

Mas, como falei, se você é avesso a discutir números, juntar todo o corpo diretor numa sala e ficar planejando o futuro só com isso em mente, da forma mais fria possível, posso ajudá-lo de outra maneira.

Desenvolvi uma forma de, acredite ou não, fazer planejamento estratégico com a sua equipe de confiança sem deixar todo mundo inicialmente desmotivado e atônito com cálculos, números, etc. E pode confiar em mim, ela foi testada com êxito! Porque não adianta você só falar disso, sem que todo mundo entenda quem é a empresa, onde ela está hoje e aonde quer chegar no futuro.

Em primeiro lugar, se isso não estiver claro para todos, qualquer decisão acerca de produtos, preços e ações a serem implementadas serão como um tiro no escuro e irão de encontro ao crescimento da empresa.

Funciona assim: com a sua equipe, dê a cada um uma folha (pode ser A4) e peça que a dividam em 4 partes. No primeiro quadrante, solicite a todos que o dividam em dois e escrevam 3 coisas ruins e as 3 melhores coisas que a empresa fez este ano (não precisam se restringir a 3, se houver mais, podem anotá-las). Você também deve escrever, até para comparar se a visão da equipe é a mesma que a sua.

Claro que, para isso, você precisa criar um clima de liberdade para que as pessoas digam abertamente o que pensam – no fundo, esse é o primeiro passo. Não repreenda comentários enquanto as pessoas estiverem falando. Só depois de todos falarem (inclusive você), faça um aparato de fatores explicando, concordando ou discordando.

Depois, para o segundo quadrante, peça que o dividam e escrevam as 3 maiores conquistas e os 3 maiores desafios de cada um neste ano, pode ser pessoal ou profissional (isso se vocês conseguirem separar uma coisa da outra, porque é difícil dizer que um não tem vínculo com o outro!). Novamente, todos falam sobre o que redigiram.

No terceiro quadrante, todos devem escrever suas 3 principais motivações na vida, seus objetivos a serem conquistados em 2012 (estabilidade financeira, viajar, e por aí vai) e 3 coisas que estão tentando evitar, por exemplo: pobreza, ficar longe da família, levar trabalho para casa, etc.

Por fim, o quarto quadrante deve ficar vazio, pois será a tarefa de casa de cada um. Nele, todos escreverão quais são as oportunidades de crescimento da empresa para o próximo ano, seja para aumentar o faturamento, seja para reduzir custos, e de que forma cada departamento (no caso, o específico deles) pode ajudar nisso.

Em uma próxima reunião, vocês discutirão essas ideias e a viabilidade de cada uma, dessa vez, sim, passando por números, relatórios de tarefas, criação de produtos, eliminação de outros, mudanças de processos, etc.

Veja que, assim, você conseguirá fazer o planejamento estratégico da empresa alinhando-o com o planejamento estratégico pessoal de sua equipe. Quer melhor forma de engajá-la e fazer com que ela o ajude a construir os resultados que você espera? Então, aproveite esse restinho de ano e faça o planejamento estratégico dessa forma com seu time. Tenho certeza de que vai se surpreender com os resultados e a motivação de todos!

Um abraço!

Raúl Candeloro
Fonte da imagem: gettyimages

[27.03.2013] + OPORTUNIDADES PARA VOCÊ = ACTIO



Vagas de disponíveis na cidade de: Natal - RN

"O impossível não é um fato, o impossível é uma opinião"
Charlie Brown Jr.


----------------------------------------------------------
Acesse a ACTIO Consultoria e Cadastre seu currículo, é GRÁTIS o Cadastro:
----------------------------------------------------------
VAGAS:

Empregos em Restaurante

Restaurante Contrata: 

Chef de Cozinha.
Cozinheiro.
Copeiro.
ASG - Ajudante de serviços gerais.
Barman.

O email para encaminhar os curriculos é: contato@maconsutloriarn.com

----------------------------------------------------------

Empregos em Academia - Natal/RN

Vagas: 01 de Estágio (cursando a partir do 5º período), 1 de Prof de Musculação e 1 de Prof de Spinning

Faixa Etária: indiferente

Escolaridade: para os professores, Superior completo em Educação Física 

Sexo: Indiferente

Experiência: para os professores, mínima de 06 meses

Turno de Trabalho: Estágio (Manhã e tarde), Prof de Musculação e Spinning (manhã, tarde e noite)

Local de Trabalho: Ápice Academia - Rua Aldo de Melo Freire, 1877, Capim Macio, Natal, RN

Salário: Hora aula a combinar

Interessados(as) enviar currículo para daltier_rh@hotmail.com com título "Ápice Academia" ou entregar na Consultoria Daltier Recursos Humanos, Rua Princesa Isabel, nº 523, Ed. Galeria Princesa Isabel, 4º andar, Salas 418/420. Cidade Alta. Tel: 3211-0606.

----------------------------------------------------------

Emprego como Coordenador de Patrimônio - Natal/RN

Empresa no Ramo de Construção Civil seleciona:

 Engenheiro Mecânico com Pós-graduação ;

 Experiência em gestão de manutenção e logística;

 Disponibilidade de horário;

ATIVIDADES: Planejar, organizar, controlar e assessorar a empresa na gestão do patrimônio, alinhando a área e as equipes sob sua orientação às estratégias da empresa. Implementar programas e projetos que possibilitem respostas imediatas. Participar do planejamento estratégico promovendo estudos de racionalização e controle do desempenho organizacional. Propor o conjunto de indicadores de
desempenho da área de gestão do patrimônio e manutenção que serão monitorados continuamente.

Salário + Benefício

Enviar cv para o e-mail gestaomrh@hotmail.com com o título “Coordenador de Patrimônio”

----------------------------------------------------------

Emprego como Supervisor de Vendas - Natal/RN

Supervisor(a) de Vendas

Atividades: Supervisão de equipe comercial, desenvolvimento de relatórios de vendas, planejamento de ações comerciais, acompanhamento de equipe nas ações e apresentação de relatórios. É necessário ter ainda: espírito de equipe, liderança e organização.

A empresa oferece: Salário de R$ 1.000,00 + comissão;

Vale transporte ou Auxílio combustível.

Os interessados deverão enviar currículo para comercial.terceirizarh@gmail.com sob o título: Supervisor(a)

----------------------------------------------------------

Emprego para Profissional da área de Atividades Físicas - Natal/RN

Procura-se profissional que desenvolva trabalhos na área de motricidade, karatê, judô, e etc. Procuramos profissionais capacitados em diversas áreas de atividades físicas para atuar com crianças a partir de 3 ou 4 anos de idade. Salario a combinar.

Enviar currículos para: material.natal@gmail.com

----------------------------------------------------------

Emprego como Assistente de Vendas

Empresa de comércio seleciona:

 Ensino médio Completo;

Salário + Comissão + VT

Enviar currículo para o e-mail vendasmrh@hotmail.com com o título “VENDAS”


Pratique a Ousadia

Entenda como a atitude de arriscar-se pode ajudar você a crescer na carreira e alcançar novos objetivos e rumos

Por Lucas Rossi

Em uma das paredes da sede do Facebook, em Nova York, está escrito, bem grande, proceed and be bold, algo como “prossiga e seja ousado”. A rede social criada pelo americano mark Zuckerberg detectou que a ousadia é um valor tão importante para seu negócio que fez questão de incorporá-lo à sua cultura e disseminá-lo entre seus funcionários. Além do quartel-general nova-iorquino, a frase está estampada em outros escritórios da empresa, inclusive na filial brasileira, em São Paulo. 

Mas há outros lemas que combinam com ousadia, como “fracasse duramente” ( fail harder) e “movimente-se rápido” (move fast). o que o Facebook quer, assim como várias empresas, é disseminar para seus profissionais uma mentalidade de trabalho inovadora e corajosa, fundamental para obter sucesso em mercados que passam por muitas e rápidas mudanças. 

“Quando as empresas pedem ousadia, elas querem, na verdade, profissionais comprometidos com os objetivos da corporação”, afirma Mireia Las Heras, professora de desenvolvimento profissional da escola espanhola de negócios Iese. Em uma pesquisa feita no ano passado pela empresa de treinamento corporativo LAB SSJ, de São Paulo, com 159 líderes de 32 companhias brasileiras e multinacionais, a capacidade de assumir riscos, uma das características centrais da ousadia, ficou em terceiro lugar — as duas primeiras estão ligadas à comunicação. 

“Como o mercado está muito aquecido, com uma guerra por bons profissionais, este é um bom momento para ousar na carreira”, diz Mauro Mercadante, diretor de projetos de desenvolvimento do LAB SSJ. “Aquele que demonstra estar aberto e disponível é visto com bons olhos e certamente terá uma boa oportunidade.” As empresas valorizam profissionais que se arriscam, aceitam o novo e enfrentam mudanças. Não apenas porque essas pessoas ajudam a corporação a resolver problemas, mas porque elas mostram que sempre estarão prontas para passar por transformações e para arriscar. 

“Se o profissional demonstra naturalmente que está disposto a mudar, a organização sabe que ele poderá ajudá-la a chegar a resultados melhores”, afirma Clara Linhares, professora de gestão de pessoas da Fundação Dom Cabral, de Minas Gerais. Por isso, profissionais que aceitam uma expatriação, por exemplo, tendem a crescer mais rápido na companhia. Eles demonstram a seus chefes e pares que estão dispostos a encarar desafios em contextos diferentes e que conseguem arriscar. A importância que as empresas dão à ousadia também pode ser medida pelo perfil profissional exigido em programas de trainee. 

Entre as atitudes e competências buscadas nos jovens aspirantes a líderes estão o inconformismo, a criatividade e a capacidade de traçar objetivos e alcançá-los com rapidez — características que poderiam ser sintetizadas como ousadia. “A ousadia está ligada à responsabilidade e à tomada de decisões”, diz Danilca Galdini, sócia-diretora da nextview, empresas de pesquisas do grupo DMrH, que auxilia grandes corporações a realizar os programas de trainee e é parceira do Guia VOCÊ S/A – As Melhores Empresas para Começar a Carreira. 

Ser arrojado não é uma competência esperada apenas de áreas comerciais ou criativas. Departamentos mais sisudos, como finanças ou direito, também dão importância a essa atitude. “o advogado que tiver a habilidade de ser técnico, o que é bom, mas consiga visitar clientes, gerar negócios e ser dinâmico passa a ser uma peça essencial”, diz Carlos Ferreira, sócio da consultoria de recolocação 4hunter, especializada nas áreas jurídica e financeira. “um advogado que não souber ser ousado está fadado a não crescer.”

Expatriação extrema

Ousadia: Há dois anos, Luana Cardozo, de 30 anos, executiva de vendas da fabricante de papel International Paper, viu a abertura de uma vaga interna para ir trabalhar na China por dois anos. Aquela seria a primeira oportunidade global de expatriação da empresa na região, que representa 15% das vendas da regional brasileira. Mesmo sem saber falar mandarim nem nunca ter morado em outro lugar senão Mogi Mirim, cidade do interior de São Paulo com 86 000 habitantes, Luana arriscou e se candidatou à vaga em Xangai, cidade com 23 milhões de habitantes. “Eram metas, culturas e pessoas diferentes”, diz Luana, que conseguiu a vaga. 

Lição: Na hora de negociar, Luana mostrou que aquela oportunidade seria boa para todos. Para ela o ganho seria a longo prazo. No futuro, Luana vislumbra ser gerente de exportação, área que responde por 35% do volume produzido pela empresa. “Sabia que aprimoraria meu inglês e faria contato com o escritório asiático, um importante parceiro.” Uma atitude ousada, que fez a empresa vê-la como uma profissional determinada e corajosa.

Risco calculado 

Ousadia: Ao tornar-se, há dois anos, vice-presidente da unidade de agronegócio da Basf, multinacional alemã do setor químico, Maurício Russomano, hoje com 37 anos, percebeu que precisaria mudar o modelo de negócio da área. As estratégias de marketing deveriam ter como foco o agricultor, não mais o distribuidor. Decisão ousada para uma área que não mudava sua fórmula. 

Lição: Apesar de radical, a medida foi calculada e pensada. Durante os três primeiros meses no cargo, Maurício teve aulas com um técnico agrícola para aprender os pormenores do mercado. “Não sou ousado sem pensar, sempre tento diminuir meu risco”, afirma Maurício. “Eu tenho medo, me preocupo com as consequências de minhas ações.” O executivo lançou mão de uma das atitudes mais importantes para a ousadia: ler o ambiente. Viver e entender o ambiente em que se está inserido é essencial para conseguir tomar decisões e ousar. Sem isso, o risco de errar aumenta e a confiança em ousar diminui.

Sentimento de dono

Embora não seja um traço comum a todos os profissionais, a ousadia pode ser desenvolvida e praticada. Nas empresas, muitas vezes é chamada de sentimento de dono, usada quando a corporação pede comprometimento, responsabilidade e iniciativa a seus funcionários. Na Suzano, uma das maiores produtoras de celulose do país, o sentimento de dono virou pauta recentemente. 

Para melhorar a eficiência e a competitividade, os funcionários estão sendo estimulados a treinar habilidades que os façam participar do negócio mais ativamente. Entre elas, ter maior senso de responsabilidade e coragem de arriscar. “Ao ousar, o profissional supera as expectativas convencionais”, diz Carlos Alberto Griner, diretor de recursos humanos da Suzano. A disposição para enfrentar desafios também acelera o aprendizado e proporciona ao profissional mais confiança para avançar na carreira — o que é bom para ele e para os negócios. 

Na petroquímica Braskem, o funcionário é instigado a assumir o papel de empresário de um negócio. A atitude empreendedora é treinada e cobrada constantemente, pois tem ligação com a autonomia. 

“Quando um profissional tem autonomia, ele desenvolve o sentimento de propriedade e consegue realizar por conta própria”, afirma Marcelo Arantes, vice-presidente de pessoas da Braskem. Um dos aspectos da autonomia é a liberdade para tomar decisões sem depender de aprovação ou amparo de outras pessoas. 

É justamente nesse contexto que a ousadia encontra espaço para ser exercida com mais tranquilidade — em um momento de tomada de decisão, a sensação de responsabilidade é importante. Em outras palavras, o profissional só pode ser ousado se estiver seguro o suficiente do caminho a seguir e tiver clareza dos riscos que corre caso a escolha esteja errada. As decisões devem ser tomadas tendo como base todas as informações disponíveis. “Se for assim, mesmo se a decisão estiver errada, é possível aprender com ela”, diz Marcelo. 

Do lado oposto, ser ousado sem percorrer um processo decisório consistente é irresponsabilidade. “Ousadia sem planejamento e sem conhecimento é inconsistente”, diz a professora Clara Linhares, da Dom Cabral. Por isso, para ousar é preciso estar preparado. Não adianta ser ousado no momento em que a empresa está em recessão, por exemplo. A decisão ousada depende do contexto e da capacidade de leitura do ambiente profissional. “É preciso saber até onde você pode ir e como jogar”, afirma Andréa de Paula Santos, sócia da Ascend RH, empresa de recrutamento. 

Fazer essa análise sugere captar os sinais, interpretá-los a partir do conhecimento prévio e tirar conclusões. Com esse relatório em mente, é possível saber se vale a pena ousar ou não. É importante lembrar que as empresas criam regras e restrições para impedir que erros ocorram — o que acaba por inibir os profissionais mais predispostos a assumir um comportamento ousado. 

“A cada vez que a organização perde um cliente, aumenta custos ou tem algum desperdício, ela cria regras para que aquele erro não aconteça novamente”, afirma Marcos Hashimoto, coordenador do centro de empreendedorismo da Faap, de São Paulo. “A empresa entende que é melhor perder a capacidade de ousar do que cometer erros”, diz.

Direto ao presidente 

Ousadia: Para ser contratado pela Votorantim Metais, empresa em que hoje é diretor comercial, o mineiro Victor Breguncci, de 37 anos, tomou uma atitude arriscada. Em 2008, o executivo tinha recém-terminado um MBA na escola de negócios suíça IMD, uma das mais renomadas do mundo, e a Vale, empresa em que trabalhou por sete anos e que bancou o curso, não tinha onde recolocá-lo por culpa da crise financeira. 

Sabendo disso, Victor mandou um e-mail para o então presidente da Votorantim Metais, João Bosco Silva, apresentando-se e pedindo cinco minutos para uma conversa. Na mensagem, Victor mostrava, muito discretamente, o interesse em trabalhar na empresa. A resposta chegou no dia seguinte pela manhã: “Prezado Victor, grato por sua mensagem. Alguém de nossa organização vai contatá-lo”. Em três meses foi contratado para ser o novo gerente comercial da área de zinco do grupo. 

Lição: Victor foi ousado por estar suficientemente seguro de que reunia qualificações para trabalhar na empresa. Ele era formado em engenharia metalúrgica, falava cinco idiomas e tinha 11 anos de experiência em desenvolvimento de negócios e vendas. Viveu na França, quando trabalhou na Embraer no começo de carreira, e na Alemanha, na Índia e na Suíça, na época em que estava na Vale.

“Sabia que poderia ser muito útil”, diz. Sua ousadia o ajudou a impulsionar sua carreira. Depois de um ano no cargo, o executivo foi promovido a diretor comercial da divisão de metais, que representa 19% da receita líquida da Votorantim Industrial. Saber os limites da ousadia ajuda a não errar.

Como praticar a ousadia

Como todo hábito, a ousadia depende da repetição. Entre as principais atitudes ligadas a ela estão: tomar decisão, arriscar, ler ambientes e planejar.

Uma das formas de ser ousado sem correr grandes riscos é fazendo pequenas apostas, como defende o escritor americano Peter Sims em seu último livro, Little Bets (“Pequenas apostas”, ainda sem edição no Brasil). 

“A estratégia de apostar pequeno abre a possibilidade de fazer acontecer”, diz Peter. “O lance pequeno não tem grande risco e é acessível, além de dar recompensas, também pequenas, mas palpáveis.”

Essa estratégia pode ser usada em todas as atitudes ligadas à ousadia. É possível tomar pequenas decisões e arriscar. Com o tempo, elas ganham proporções maiores. É claro que erros poderão ocorrer. 

O importante é aprender com eles. “Profissionais ousados são capazes de fazer experimentos, pequenos projetos, antes de se lançar em um projeto maior”, afirma Mireia Las Heras, do Iese.

Com o tempo, a frequência das recompensas aumenta e, mesmo que uma cartada não dê certo, você saberá como lidar com ela.

Para saber se o caminho está certo, avalie os resultados. Pergunte- se “como e por que fiz daquela forma?”, “por que me dediquei àquilo?”, “como e por que cheguei àquele resultado?”. 

“No dia a dia, reflita sobre o processo, avalie o resultado desses experimentos e faça pequenas mudanças”, diz Mireia. Assim você conseguirá avaliar os possíveis erros no futuro e ousar mais, pois terá mais segurança. 

No livro O Poder do Hábito – Por Que Fazemos o Que Fazemos na Vida e nos Negócios (Ed. Objetiva), o jornalista americano Charles Duhigg explica que para um hábito ser criado é preciso levar em conta um ciclo com três etapas.

O primeiro é a circunstância, ou seja, uma faísca que faz você repetir uma rotina comum. A segunda etapa é a rotina. A maneira como você age a partir dela gera uma recompensa, completando o ciclo do hábito.

No caso da ousadia, são os hábitos das atitudes que precisam ser mudados. Oportunidades para arriscar surgem o tempo todo. Pode ser uma conversa com um gestor, que o ajudará a crescer em um futuro próximo, ou a chance de fazer uma apresentação diferente a um cliente. O que deve ser mudado é a forma como você responde a essa circunstância.

Se o comum é não assumir risco, o resultado será semelhante aos anteriores. Ao mudar o hábito, você se sentirá mais seguro para ousar cada vez mais e mostrar à empresa que está disposto a ajudá-la a crescer. Isso trará resultados para a sua carreira e para os negócios. Se não der certo, aprenda com o erro. O importante é prosseguir e continuar sendo ousado.


Fonte da imagem: clique aqui

[27.03.2013] OPORTUNIDADES PARA TODOS = ACTIO



Vagas de disponíveis na cidade de: Natal - RN

"O impossível não é um fato, o impossível é uma opinião"
Charlie Brown Jr.


----------------------------------------------------------
Acesse a ACTIO Consultoria e Cadastre seu currículo, é GRÁTIS o Cadastro:
----------------------------------------------------------
VAGAS:

Emprego como Gerente de Loja - Natal/RN

Empresa de telefonia seleciona:

Superior Completo ou em andamento em Publicidade, Marketing, Administração ou Contabilidade,
 Experiência de vendas no varejo; Técnicas de vendas;
 Disponibilidade de horário

Atividades: Analisar a estrutura de loja, verificar as documentações, acompanhar o consultor no salão de
vendas; efetuar check list dos consultores, realizar treinamento e elaborar planos de venda.

Salário + benefício

Interessados encaminhar o currículo para gestaomrh@hotmail.com sob o título TELEFONIA

----------------------------------------------------------


Emprego como Promotora de Vendas

Vaga para Promotora/Demonstradora de Vendas com Moto:

Start Promoções Seleciona: Promotora de Vendas com moto:

Perfil:

Organizada, Honesta e Dinâmica.
Requisitos:
Habilitada e com moto
Boa dicção
Disponibilidade de horário.
Ensino Médio.
Experiência na área de Promoções.

Interessados enviarem currículos para: curriculorn@uni.startpromocoes.net sob o título “Promotora de Vendas com Moto”.

----------------------------------------------------------


Emprego para Técnico em Informática

Formação: Curso técnico ou superior (concluído ou Enviar em andamento) na área de Informática. 

Experiência: experiência comprovada em TI. (não há um tempo mínimo de comprovação e inclusive pode ter sido adquirida em estágio). 

Atividades: realizar atividades de manutenção preventiva e corretiva nos equipamentos; prestar suporte técnico em rede, hardware , software e wireless. 

Conhecimentos necessários: Administração de rede de informação; Hadware; Windows 2008; e Linux. 

Oferecemos os seguintes benefícios: assistência médica e odontológica, seguro de vida em grupo e plano de carreira. 

Os interessados enviar currículo para jessica@santanatextiles.com até 1° de abril (assunto “Técnico de Informática”) 

Contato 3646-7004

A carga horária é de 44 horas semanais e o horário de trabalho é de 8h às 17h30 com uma hora de almoço.

----------------------------------------------------------

Emprego como Consultor de Negócios

Empresa Líder de mercado no segmento em que atua com filiais em todo o Brasil, está contratando para seu quadro de funcionários "Consultor de Negócios", a empresa oferece salário fixo, ajuda de custo para locomoção, vale refeição ou Alimentação, plano de saúde e comissões bastante atrativas.

Necessário ter disponibilidade para pequenas viagens;Ser formado ou cursando nível superior;
Ter carro ou moto.
Interessados deverão enviar o currículo de preferência com foto para: ronaldo.castro@telecheque.com.br.

----------------------------------------------------------

Emprego como Geradorista

JRH Seleciona: Geradoristas

Requisitos:
Ø Desejável curso profissionalizante de mecânica ou elétrica.
Ø Mínimo de 1 ano de experiência em elétrica ou mecânica
Ø Conhecimento em pelo menos uma das áreas: Elétrica, Mecânica, Eletrônica e Hidráulica/ e ou Refrigeração
Ø Certificado de NR 10, Empilhadeira, noções de instalação em baixa tensão.
Ø Carteira de habilitação B válida;
Ø Disponibilidade para viagem. (local: Parazinho- interior do RN)

Remuneração e Benefícios: R$ 944,00 + VA + Adicional de periculosidade + Plano
de Saúde/Odontológico + hospedagem.

Atividades: Operar e conduzir equipamentos para movimentação, processamento, carregamento e coleta de sucata ferrosa nos fornecedores externos, permanecendo todo o período de trabalho fora de sua base/cidade (residência) eventualmente nos depósitos/usinas, assegurando o cumprimento das metas estabelecidas a fim de abastecer as usinas no território nacional. Zelar pelas condições de segurança da
operação e conservação do equipamento, realizando as manutenções de primeira linha. (preventivas e corretivas).

Os interessados, por favor, encaminhar currículo direcionado para a vaga em questão para: selecao2jrh@hotmail.com

----------------------------------------------------------

Emprego como Líder de Oficina - Natal/RN

Líder de Oficina (Mecânico): Ensino Médio Completo, Experiência anterior com liderança, Desejável cursos de qualificação e/ou técnico na área, experiência com carros Renault, disponibilidade de horário. CLT (efetivo).

Auxiliar de Almoxarifado: Ensino Médio Completo, disponibilidade de horário, experiência anterior na área, conhecimento do Pacote Office, organização, atenção.

Interessados CV para rhgestao.selecao@gmail.com

----------------------------------------------------------

Emprego para Técnico de Equipamentos e Auxiliar de Eventos

Téc de equipamentos – eventos

Ter experiência em montagem e manuseio de equipamentos de sonorização e multimídia (computador, datashow, microfone, caixas de som, e afins)
Disponibilidade tarde/noite
Ser prestativo, responsável, pontual e proativo
Acima de 18 anos
Ensino médio completo

Auxiliar de Eventos

Te disponibilidade de horário
Ter experiência na área de eventos
Ser prestativo, simpático, responsável e proativo
Acima de 18 anos
Ensino médio completo

Currículos para rh@praiamarnatal.com.br

----------------------------------------------------------

Emprego como Operador de Telemarketing - Natal/RN

Empresa : Natal Veículos/ Espacial Auto Peças, seleciona profissionais para o cargo deOperador de Telemarketing.

Requisitos: Ter habilidade para a potencialização de vendas. Possuir discernimento para identificar oportunidades e ameaças. Ter comunicação clara e objetiva. Ter certificado em operador de telemarketing.

Os interessados deverão enviar o Currículo para talita@natalveiculos.com.br

----------------------------------------------------------

Emprego como Auxiliar de Almoxarifado - Natal/RN

Auxiliar de Almoxarifado: Ensino Médio Completo, disponibilidade de horário, experiência anterior na área, desejável conhecimento com peças automotivas (Diesel), domínio do Pacote Office, organização, atenção.

Interessados CV para rhgestao.selecao@gmail.com

----------------------------------------------------------

Emprego como Assistente de Vendas

Empresa de comércio seleciona:

 Ensino médio Completo;

Salário + Comissão + VT

Enviar currículo para o e-mail vendasmrh@hotmail.com com o título “VENDAS”




3 Habilidades de Liderança Que Você Precisa Conhecer

Liderança não é uma habilidade exclusiva de quem trabalha com comércio e grandes empresas. Essas 3 habilidades podem fazer toda a diferença na vida de qualquer profissional


A liderança é uma habilidade muito valorizada no mercado de trabalho. O desempenho das equipes e o envolvimento das pessoas dependem do tipo de liderança que é exercida na organização. Atualmente, o sucesso das empresas também é determinado pelo ambiente de trabalho, tipo de organização e pelos traços pessoais dos profissionais e principalmente pelo tipo de liderança utilizada na gestão. Se você deseja ter sucesso em seus projetos profissionais, confira a seguir 3 habilidades simples para desenvolver a sua liderança:

1. Seja cativante

Um bom líder sabe gerenciar todas as pessoas da empresa. Por isso, essa pessoa precisa ser cativante e acima de tudo capaz de envolver todos os gestores para solucionar os problemas da organização, e manobrar as questões mais difíceis. Os grandes líderes não são temidos, eles são respeitados.

2. Incentive as pessoas

Os profissionais gostam de incentivos, e um ótimo líder deve saber lidar com essa necessidade diariamente. Seja honesto com seus funcionários e identifique pontos positivos que podem ajudá-los a conseguir o que eles desejam. Porém, o gestor deve ter em mente que esses incentivos não são necessariamente promessas, essa motivação pode ser interpretada como mais demanda de responsabilidade.

3. Seja compreensivo

Antes de reclamar sobre o profissional, procure entender quais são os fatores que estão diminuindo a produtividade e o envolvimento dele. Um líder compreensivo consegue ser mais acessível, e isso é ótimo para os funcionários. Eles vão se sentir confortáveis em compartilhar os seus problemas, e você terá profissionais mais comprometidos com o trabalho.


fonte da imagem: Clique aqui

Por Que os Otimistas Prosperam

Entenda como o otimismo pode ser a chave para o seu sucesso. Confira algumas dicas que podem ajudá-lo a ser mais positivo e a prosperar em sua vida

Alguma vez você já se perguntou por que algumas pessoas são capazes de lidar com os problemas cotidianos e continuam sentindo segurança? A resposta é simples: eles dominam a arte de pensar positivo. A boa notícia é que, enquanto algumas pessoas simplesmente nascem otimistas, outras conseguem desenvolver essa habilidade muito bem.

Se você pretende ser mais positivo em sua vida, confira algumas dicas para ser otimista e alcançar resultados favoráveis:

1. Otimistas procuram resultados favoráveis

Isso não significa que os otimistas estão sempre esperando coisas boas. Eles acreditam que coisas boas vão acontecer, acreditam que podem lidar com qualquer problema. As pessoas otimistas têm mais facilidade de enxergar novas possibilidades e caminhos para resolver as adversidades.

2. Pessoas otimistas acreditam que podem fazer a diferença

As pessoas otimistas acreditam que todas as suas ações podem fazer a diferença. Assim, conseguem realizar seus objetivos e praticam atitudes para transformar seus sonhos em realidade.

3. Os otimistas não internalizam falha

Quando as coisas não dão certo para um otimista, ele não se sente um fracassado. Ao contrário do que a maioria das pessoas faria, ele entende essa situação como um momento de aprendizagem e utiliza isso para não falhar nas próximas vezes. Com essas atitudes, eles se sentem mais fortes e positivos para desenvolver novos projetos e prosperar em suas escolhas.


Fonte da imagem: Clique aqui

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More