Série SEU NEGÓCIO - 5 Passos Para Sua Empresa Sair da Mesmice

Para especialistas, o ideal é que o empreendedor teste sua ideia com potenciais clientes antes de investir muito dinheiro em um novo produto ou serviço

Por Camila Lam

Uma das estratégias para aumentar o faturamento de uma pequena empresa ou startup é diversificar a linha de produto ou serviço. O momento que o empreendedor está vivendo, no entanto, é crucial para que essa decisão dê certo.

Para Marcelo Nakagawa, professor de Empreendedorismo do Insper, muitas vezes, o excesso de otimismo por parte do empresário faz com que ele se arrisque sem planejar bem. “Às vezes, o faturamento pode aumentar, mas o lucro pode ser menor do que ele esperava ou até mesmo negativo”, explica.

“Em qualquer diversificação, o produto novo tem que ser consistente com o produto principal da marca”, completa Monica Sabino, professora de marketing da BSP - Business School São Paulo. Caso contrário, a novidade pode acabar arranhando a imagem do negócio como um todo.

Investir em marketing e divulgar o novo produto ou serviço é essencial após o lançamento. José Carmo Vieira de Oliveira, consultor do Sebrae-SP, explica que essa ação deve ser alinhada com o acompanhamento do feedback dos consumidores. Veja outras recomendações dos especialistas.

1. Reflita

Esse é o melhor momento da sua empresa para se arriscar? É uma decisão de sobrevivência ou de crescimento? Essas variáveis precisam ser levadas em consideração para que o empreendedor não perca o foco.

Oliveira explica que o empresário precisa saber como a sua empresa funciona com detalhes. “Quais produtos vendem mais ou menos, que tipo de produto que vai aumentar as vendas ou o número de clientes”, conta.

2. Planeje-se

Um dos principais erros que empresários cometem ao investirem na diversificação é não elaborar uma estratégia. “É uma diversificação geográfica, de clientes ou de proposta de valor?”, questiona Nakagawa.

Além disso, é preciso estudar o mercado em que seu negócio atua. “Não pode fazer sem verificar a concorrência. Tem que analisar o preço no mercado, ver qual é o preço compatível. Muitas vezes, pode acabar concorrendo com alguém forte no mercado”, explica Oliveira.

3. Teste antes

Antes de gastar tempo e dinheiro com a implantação de um novo produto ou serviço, teste. “Às vezes, o custo de entrar na diversificação não compensa. Tem que lidar com matéria-prima que não fazia parte da fabricação antes, por exemplo”, explica Monica.

“Para criar diversificações bem sucedidas, ele tem que se basear no que a empresa já faz muito bem”, resume Nakagawa.

4. Divulgue

A comunicação é uma aliada importante para que a diversificação dê certo e uma das vantagens é mostrar ao consumidor as novidades do seu negócio. Redes sociais, panfletos e cartazes são algumas maneiras que não custam muito e podem alavancar a divulgação.

Envolva sua equipe de vendas para que o produto seja bem divulgado e explicado para os consumidores.

5. Acompanhe

Planilhas de vendas, estoques e controle de caixa são algumas das que podem auxiliar o empresário a monitorar o novo produto. “Tenha um bom banco de dados e pergunte para o cliente por que ele não está comprando. É muito importante avaliar os resultados”, ensina Oliveira. Com disciplina, ele poderá antecipar problemas financeiros e acompanhar o fluxo do novo serviço. 


Fonte: Exame Abril
Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More