Ser Chefe Por um Período, Sem Aumento Salarial: Quais os Prós e Contras?



Na opinião de consultora, o profissional que assume esse cargo pode ganhar autonomia na empresa e experiência

Seu chefe informou que irá tirar férias no próximo mês, processo totalmente comum. Entretanto, ao anunciar quem será o seu substituto provisoriamente, surge a surpresa: a pessoa indicada é você, que nunca assumiu um cargo de liderança antes e não receberá uma remuneração a mais por isso. Quais as vantagens e desvantagens para os envolvidos em uma situação como esta?

Na opinião da consultora de RH (recursos humanos) e diretora-executiva da Clarz Management, Luciana Botelho, esse procedimento pode trazer vantagens e desvantagens tanto para a empresa quanto para os profissionais que nela atuam. A começar pelo chefe.

"O líder, ao indicarum profissional da equipe para assumir o seu cargo durante as férias, mostra que tem maturidade e que está preparado para formar um sucessor. Por não ter medo de perder o seu cargo, o líder pode até passar a ser bem visto".

Já para a empresa, há uma vantagem, que é o "gestor que tirar férias voltar para o trabalho mais motivado e com novas ideias".

Cuidados

Entretanto, Luciana ressalta que a empresa precisa tomar alguns cuidados. "Vale assinar um termo ou até mesmo um contrato no qual o profissional tenha clareza que ele irá assumir o cargo de líder por um período e que não haverá uma remuneração extra pelo seu serviço".

Outra medida importante é que o líder mostre com bastante transparência como foi esse processo. "O líder, antes de tirar férias, deve se reunir com a sua equipe e explicar como foi o processo de seleção para o profissional que irá substituí-lo. O que foi levado em consideração: Avaliação de desempenho? Competências técnicas e comportamentais? Ele ainda deve indicar que essa oportunidade pode ser estendida para outros colaboradores em outras ocasiões".

Vantagens para o profissional

Para Luciana, apesar de não haver aumento de salário, assumir um cargo de liderança em caráter provisório traz algumas vantagens ao profissional. "A pessoa que assume o cargo de gestor por um tempo tem uma oportunidade de crescimento profissional e pessoal. Além disso, ela poderá se preparar para assumir um cargo de liderança no futuro e ter maior autonomia na empresa".

Em contrapartida, a consultora diz que a visibilidade que o profissional ganha tem de ser equilibrada. "Se o profissional for arrogante durante o período que ele liderar, ele pode ter dificuldades na hora em que regressar para a sua função anterior".

Vale ressaltar também que esse profissional precisa ter muito cuidado com as suas expectativas. "A pessoa não deve criar uma expectativa de que só porque assumiu o cargo de liderança temporariamente ela já está pronta para assumir um cargo de gerência e sua carreira irá ter uma aceleração rápida. Há outros fatores que determinam essa troca de cargo", finaliza Luciana.

Fonte: InfoMoney

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More