8 Dicas Para Fazer um Brainstorm em Equipe

Reunir os colegas para ter novas ideias é uma excelente iniciativa para qualquer negócio. Confira oito dicas para guiar seu brainstorm 

Ter ideias novas não é o único objetivo quando se faz um brainstorm. A razão pela qual você reúne um grupo de pessoas diferentes está também em alcançar as melhores ideias. Muitos estudos já foram feitos em busca das práticas ideais para um brainstorm realmente inovador. A maioria das pesquisas costuma priorizar o número de ideias que surge para determinar a qualidade de um brainstorm, ao invés de se concentrar em outros aspectos como a qualidade daquilo que é sugerido.

Confira oito conselhos que podem fazer toda a diferença em seu brainstorm:

1. Use-o para combinar e expandir ideias, não apenas para produzi-las

A criatividade é principalmente notada quando você começa a trabalhar a partir de uma ideia já existente. Afinal, como disse o pai da química moderna, Antoine Laurent, “nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. O grande potencial de um brainstorm em equipe é que essa é a hora ideal para que pessoas com diferentes percepções e pontos de vista possam compartilhar, misturar e expandir aquilo que trazem para a reunião de maneiras diversas, praticamente ilimitadas.

2. O terreno do medo

Reunir pessoas em grupos permite que o melhor e o pior de cada um seja revelado. Se sua empresa é motivada pela insegurança, ou pior, pelo medo, então dificilmente as pessoas irão colaborar em um brainstorm. Elas podem pensar que serão menosprezadas, demitidas ou sofrer qualquer outra forma de humilhação se não dizerem a coisa certa ou sugerirem algo “burro”. Nesses casos, deixe que cada um trabalhe individualmente, e utilize a tradicional caixa de sugestões para novas ideias.

3. Faça brainstorm individual

A criatividade não é despertada apenas quando se está em grupo, ela também pode ser vista quando as pessoas estão sozinhas, sem nenhuma pressão, cobrança ou até mesmo vontade de ter novas ideias. Sugira aos participantes que façam brainstorm sozinhas, antes e depois das reuniões, ou nos momentos que considerarem mais propícios, como antes de dormir ou ao acordarem.

4. Não isole essa prática

Uma sessão de brainstorm é completamente inútil se for a única prática para fomentar a criatividade no escritório. Fazer experiências, desenvolver protótipos, conversar com os clientes e especialistas são algumas possibilidades para que a criatividade seja valorizada e não apenas exigida quando uma necessidade surgir.

5. Desenvolva essa capacidade

Um brainstorm realmente eficiente e verdadeiro é um grande desafio que pode levar anos e até meses para ser considerado maduro. Procure por pessoas bem capacitadas e experientes nesse tipo de atividade e não deixe seus funcionários ou colegas de equipe constrangidos e frustrados por não obter os resultados necessários em algo que nem de longe poderia ser chamado de brainstorm.

6. Valorize a competitividade positiva

Em um brainstorm de qualidade, a competitividade assume as facetas mais positivas que uma equipe poderia alcançar. Todos desejam que o alvo seja alcançado, então dão o melhor de si para desenvolver novas ideias e sugestões. Os colegas procurem envolver ao máximo uns aos outros e fazer com que se sintam parte do grupo, capazes de contribuir.

7. Use para outros propósitos

O objetivo explícito de um brainstorm é gerar ideias. Mas os benefícios paralelos de reunir várias pessoas diferentes com certa frequência para conversar sobre coisas novas e velhas pode, com toda certeza, ser mais importante no apoio e desenvolvimento de trabalhos criativos.

8. Siga as regras ou dê outro nome

Não use o termo brainstorm para qualquer reunião. Mesmo que seu trabalho não exija a mesma criatividade que outros, siga as regras quando for fazer um verdadeiro brainstorm. De que adianta chamá-lo assim se apenas o chefe fala durante 30 minutos sobre as necessidades que identificou no departamento? As quatro regras básicas, estipuladas pelo criador do brainstorm Alex Osborn, são:

1. Não permita críticas

2. Incentive ideias criativas e inusitadas

3. Quantidade é importante

4. Combine e/ou melhore a ideia dos outros 


Fonte da imagem: clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More