Saber Ouvir

Por Andrea Henn

Existe uma diferença clara entre escutar e ouvir. Escutar refere-se à realidade física de perceber sons, é um ato que pode ser considerado passivo, pois pode acontecer até mesmo quando estamos dormindo.Ouvir é um processo muito diferente de escutar. Ouvir é um processo ativo que precisa de um esforço consciente de prestar atenção para poder entender, assimilar e trocar uma ideia com que está falando.

Como estudante, amigo, vendedor, funcionário ou líder, você deve ser um bom ouvinte para haver uma coesão em seus relacionamentos. A habilidade de ouvir pode ter grande influência no seu círculo de amizades, na organização em que você trabalha ou em seu meio familiar. Pesquisas mostram que a maioria das pessoas não são bons ouvintes, ou seja, 75% delas não entendem o significado mais profundo de uma conversa, ficando assim no superficial.

Ouvir envolve se importar, escutar, interpretar, avaliar e responder com inteligência o assunto que está em questão. Para gerentes, ouvir é um jeito de aprender o que motiva os funcionários e quais são os valores e expectativas que eles têm da liderança e da organização. Mesmo quando os gerentes não podem dar o que os funcionários querem, o importante é ouvir o que eles têm a falar. Eles vão se sentir importantes e melhores só de saber que o seu ponto de vista foi ouvido. Esse é um modo de mostrar aceitação e apoio, no que resulta em um ambiente de trabalho mais leve e agradável para se trabalhar, aumentando a satisfação e produtividade.

Qual o seu objetivo quando está ouvindo atentamente?
Nem sempre os significados de ouvir são semelhantes, por isso é importante primeiramente saber qual o seu objetivo. Você pode estar querendo criar empatia com alguém e em outros casos pode estar ouvindo para tentar resolver problemas.
  1. Demonstre empatia: ouça atentamente de forma a obter informações de um modo útil que demonstra apoio. Preste atenção, fale pouco e utilize palavras e gestos que incentivem o interlocutor a continuar falando.
  2. Analise: use perguntas diretas, com cuidado, em sequência, se você precisar entender os fatos e pensamentos. Se você for um bom ouvinte analítico, saberá conduzir a conversa com as próprias respostas do interlocutor.
  3. Sintetize: peça que a pessoa que está na sua frente, exponha suas ideias de modo a mostrar as vantagens e desvantagens da proposta. Mantenha sua mente aberta e concentre-se nas ideias e objetivos, e não nas personalidades envolvidas (inclusive no seu ego).
A comunicação eficaz pode trazer grandes ideias. Saber ouvir seu funcionário pode fazer com que ele exponha uma boa ideia e essa gere bons resultados!

Andrea Henn – Gerente de Internet da Editora Quantum
Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More