7 Bobagens Que as Pessoas Pensam Sobre Franquias

Conheça pensamentos equivocados sobre o que é uma franquia e os resultados que ela pode trazer para você que podem minar seu negócio

Por Lygia Haydée

Qual empreendedor nunca ouviu que o sistema de franquias é uma fórmula milagrosa de sucesso ou que, ao adquirir a sua franquia, você não precisa mais trabalhar? Esses são mitos que estão enraizados neste universo, mas que não passam de pensamentos errados e que podem fazer com que os seus resultados não sejam tão bons quanto o esperado.

Entrar para uma franquia com uma dessas ideias em mente pode ser um risco ainda maior para o seu investimento. Por isso, pesquise sobre o setor, conheça o trabalho de um franqueado e pense bem antes de investir em uma nova franquia.

1. Toda franquia é igual

Esse é um dos erros mais comuns e que se tornou um grande mito. É claro que há semelhanças, mas nem todas as redes são iguais. Lembre-se de que o nome franquia se refere apenas ao contrato estabelecido entre franqueador e franqueado. Para que você perceba a diferença, pense nos diferentes mercados em que você pode encontrar uma franquia. Eles vão desde a alimentação até lavanderias. Então, como negócios tão diferentes podem ser colocados em uma mesma categoria? 

2. Franquia é garantia de sucesso

Ser franqueado de fato diminui o risco do empresário. Mas isso não acaba definitivamente com os riscos, principalmente porque alguns deles não são controláveis, como a economia. Por isso, tome cuidado com esta ideia. Além disso, não pense que você vai ficar rico de uma hora para a outra. “Comprar uma franquia não é garantia de ficar rico rapidamente e o fato de ter a sua empresa não significa que sempre vai ter uma fila de pessoas querendo comprar os seus produtos”, avalia Wagner Almeida, diretor de divisão de consultoria e expansão da Global Franchise Consulting.

3. Franqueado trabalha pouco

A lógica aqui, na realidade, é a inversa. “Não adianta pensar que aquele que tem uma franquia não precisa ficar tomando conta do negócio. Não é verdade o pensamento que diz que o negócio vai andar de uma forma ou de outra pelo simples fato de ser uma franquia”, alerta Almeida. É preciso, sim, muito trabalho e total envolvimento com a marca. “Você acaba pensando no trabalho 24 horas por dia para que ele renda o máximo possível”, diz André Friedheim, diretor da Francap.

4. Não vou mais ter patrão

É verdade que você não terá mais um patrão que irá cuidar de todos os detalhes do seu trabalho. Essa agora é a sua função. Mas como você faz parte de uma rede de franquias, deve estar atento às “regrinhas" que precisa seguir, já que toda franquia segue um padrão para manter a unidade no mercado. O franqueador auxilia a mostrar como é e deve ser feito o trabalho de sua franquia, mas não toma as rédeas da empresa. Você precisará andar com as suas próprias pernas para que a sua franquia renda bons frutos.

5. Todo mundo tem perfil para ser um franqueado

Pode até parecer verdade, já que o franqueador vai dar o caminho das pedras para que você siga. Mas não são todos que têm gosto por esse tipo de negócio. “Muitos não têm esse perfil de franqueado. Geralmente aqueles que são mais empreendedores não conseguem seguir o padrão que a franquia exige. Ele prefere sempre ter ideias criativas e seguir um caminho por si só”, ressalta Friedheim. Para o especialista, quem tem melhores resultados nesses casos são as pessoas com uma visão mais generalista do negócio.

6. Franquia sempre começa de um negócio pequeno

Pensando em um caso de sucesso como o do Mc Donald’s parece até que está afirmação procede. A marca começou pequenina e foi crescendo com o passar do tempo. Mas nem sempre é assim. “Apesar de quase 90% das franquias começarem com um negócio pequeno e expandirem com o passar dos anos, essa não é uma regra, como muitos pensam. Às vezes, uma franquia de sucesso pode surgir da vontade de uma grande empresa criar outro canal comercial”, comenta Friedheim.

7. Franquia atrai clientes sozinha

Não adianta pensar que só porque você abriu as portas, todas as pessoas passarão a frequentar o seu estabelecimento. Mesmo que ele já tenha um nome forte no mercado e seja conhecido do grande público, vai ser preciso, sim, ações de marketing e propaganda para que o seu negócio passe a fazer parte da rotina dos clientes. Comece por ações menores, apenas nas proximidades de sua franquia. Isso já é importante e faz com que percebam que você está ali. Para isso você pode, inclusive, usar o know how do seu franqueador.


0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More