7 Atitudes Que Bloqueiam Sua Criatividade

Autor: Roni Silva

Nosso cérebro é capaz de produzir ideias até mesmo quando estamos dormindo, a complexidade das coisas que podemos fazer é infinita de modo que todos os dias pode-se aprender e criar algo novo. Embora a capacidade de inovar seja grande, a maneira com que cada um se comporta pode ajudar ou dificultar o seu processo criativo.

O comportamento é uma chave importante para as pessoas e quando se trata de criatividade esta característica é fundamental. Vale lembrar que o comportamento é algo natural, mas que pode ser moldado a favor de necessidades específicas, sendo assim, uma pessoa que deseja ser criativa deve prestar atenção em todas as suas ações para não se prejudicar.

Conheça as ações e atitudes que mais podem bloquear a criatividade:

Medo

O medo é um grande vilão da criatividade, medo do novo, medo de receber críticas, medo de tentar, não importa qual seja o medo, ele irá te bloquear. A melhor dica para se esquivar dele é trabalhar duro. Dê o melhor de si sempre e se algo der errado lembre-se que o melhor foi feito e que se o resultado não foi o esperado o seu desempenho não é o erro.

Objetividade

A objetividade pode ser favorável em diversas áreas e momentos, mas quando se trata de criatividade ela pode ser um forte empecilho. Quando se corta caminhos para chegar rapidamente a uma solução ou linha de raciocínio, automaticamente as possibilidades se limitam e soluções originais e criativas tendem a ser trocadas naturalmente por opções mais simples.

Passividade

A dedicação e a vontade são fatores cruciais para o processo criativo, por isso, sentar e esperar não é a postura correta para um profissional. Participe, se envolva, faça a diferença e expulse qualquer resquício de passividade. Uma pessoa passiva tende a ser um ótimo ouvinte, mas para criar e inovar é preciso fazer mais, ouvir é importante, mas a criação surge de ideias e ideias só têm valor quando são expostas.

Resistência a mudanças

Faz parte do processo criativo mudar constantemente de ideias, experimentar novas perspectivas e enxergar além, mas para isso é preciso não temer as mudanças. Rotinas não combinam com inovação, por isso, o novo deve ser algo desafiador e não um motivo para se proteger, confie no seu potencial e na sua capacidade.

Falta de perseverança

Ao construir novos conceitos é preciso entender que nem tudo será tão fácil e rápido. Normalmente o processo criativo exige pesquisas, planejamento, planos de ação e muita paciência. A perseverança pode ser a sua maior aliada, saber esperar o momento certo para agir, questionar e cobrar pode definir o sucesso de seus ideais. Persevere!

Excesso de métodos

Métodos são úteis para diversas atividades e procedimentos, mas pode ser perigoso quando se perde a medida. Uma pessoa metódica normalmente não enxerga novas possibilidades e perde assim a capacidade de fazer diferente. Seja metódico, mas na hora de exercer a sua criatividade esqueça os padrões e aja com naturalidade.

Falta de humildade

Uma das experiências que mais proporcionam possibilidades de aprendizado é o contato humano, mas para isso é preciso de humildade. No mundo organizacional cada pessoa, cada área e setor faz parte de um todo e os resultados positivos e negativos afetam todos, de cima a baixo. Esteja aberto a novas conexões, converse, interaja, absorva tudo de bom que as pessoas possam oferecer e deixe sua capacidade de criar mais aguçada.



Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More