15 Ideias de Negócios Para Montar em Casa

Conheça oportunidades para ser o próprio chefe

Por Go Home 

Muita gente quer montar um negócio em casa mas não sabe nem por onde começar. Ou até começa bem, mas acaba se perdendo no meio do caminho. Que tal algumas dicas e quinze sugestões de atividades para ajudar neste início?

Primeiro as dicas:

1. Liste as coisas que gosta de fazer ou tem experiência.

2. Decida então o que você quer fazer.

3. Defina quanto tempo tem disponível para desenvolver a atividade.

4. Converse com a sua família sobre a nova proposta de trabalho.

5. Aprenda o básico de informática.

6. Tenha um espaço exclusivo para o trabalho, mesmo que pequeno.

7. Consulte órgãos públicos sobre os trâmites legais, licenças, impostos e procure formalizar sua empresa.

8. Verifique com seu contador a possibilidade de enquadrar a atividade no simples ou no MEI.

9. Desenvolva um plano de negócios e as estratégias de marketing para sua empresa.

10. Separe as finanças pessoais das referentes ao negócio.

11. Reinvista parte dos seus ganhos.

12. Trabalhar em casa não significa trabalhar menos.

13. Sempre busque novos clientes.

14. Cuidado com a disciplina e a atitude.

15. Divirta-se com seu novo negócio!

Agora, algumas ideias de negócios:

1. Decoradora de bolos

É um nicho de mercado que cresce a cada dia. Muitas confeiteiras têm se especializado na decoração de bolos, com detalhes cada vez mais sofisticados. Várias delas trabalham como prestadoras de serviço para famosas boleiras ou redes de confeitaria ou ainda de forma autônoma.

2. Fabricação de comida congelada

Outro segmento que só cresce, o de refeições ou quitutes congelados é um bom começo para quem tem talentos culinários e quer iniciar um negócio em casa. Pode ser uma receita de família ou aquele pão de queijo que só você sabe fazer, o importante é dar o primeiro passo escolhendo um produto e checando sua possibilidade de congelamento.

3. Fabricante de geleias ou pimentas em conserva

Fabricação de geleias de frutas para revenda ou sob encomenda. O fator positivo da fabricação de geleias e compotas é que estes produtos contam com durabilidade maior. Higiene e apresentação do produto são fatores fundamentais neste negócio.

4. Dog walker (passeador de cães)

A ideia foi importada e está ganhando muitos adeptos aqui no Brasil. Os donos de cachorros que trabalham o dia todo contratam dog walkers para passear, alimentar e brincar todo dia com os animais. O serviço geralmente é cobrado por mês.

5. Confecção de velas, sabonetes e produtos aromáticos

O mercado para produtos aromáticos vai de vento em popa no Brasil. Hoje, é possível atuar a partir de uma pequena estrutura em casa e revender para lojas ou pela internet. Os produtos vão desde velas decorativas até lembrancinhas para maternidade (pequenos sabonetes).

6. Consultor para noivas

Profissionais com experiência neste segmento podem ajudar as noivas a fazerem as melhores escolhas para o grande dia, desde a escolha dos acessórios, lingerie, maquiagem, até o vestido.

7. Nutricionista

Elaborar cardápios, receitas e indicar dietas adequadas para seus pacientes faz parte da rotina de um nutricionista. Este profissional pode ser requisitado por pacientes, ser indicado por médicos, ou procurado também por empresas em busca de consultoria para seus refeitórios ou produtos alimentícios.

8. Redator de conteúdo (sites e redes sociais)

Saber se comunicar com seu público-alvo na web através de conteúdo atrativo é tarefa para os especialistas em criação de conteúdo. Este profissional deve saber escolher a melhor forma de expressão para seu cliente se comunicar através de sites e redes sociais. Ele pode trabalhar de forma autônoma e buscar seus póprios clientes (geralmente empresas) ou trabalhar para uma agência de conteúdo/comunicação. Domínio da língua portuguesa é fundamental.

9. Designer de joias/bijoux

O desenvolvimento e fabricação de peças de bijouteria é um negócio promissor e as criações podem ser vendidas pela internet, para conhecidos, lojas, noivas, etc.

10. Blogueiro

Se você é especialista em determinado assunto pode criar um site/blog sobre o tema e tornar-se um blogueiro. Os blogs mais acessados podem contar com anúncios pagos (de empresas anunciantes ou Google AdSense, por exemplo), posts patrocinados e outras formas de remuneração. Para isso, é preciso construir um público relevante e participativo, que gere movimento no seu site, fazendo com que ele apareça em boa colocação nos buscadores da internet sobre o assunto.

11. Agente de artistas

Para que possam realizar seu trabalho da melhor maneira possível, muitos artistas optam por contratar um agente para administrar seus negócios. Este profissional tem que lidar com contratações, contato com assessoria de imprensa e imprensa, aprovação de stylists, publicidade, etc., sempre de forma planejada, para favorecer seu cliente.

12. Secretária remota

Hoje, com a ajuda de recursos tecnológicos, é possível oferecer o serviço de secretária realizado a partir de casa. O serviço é muito requisitado por pequenas e médias empresas e profissionais autônomos e inclui desde a prospecção de novos clientes e agendamento de reuniões até a transferência de ligações (como se estivesse no mesmo local de quem a contratou).

13. Serviços de clipping

O clipping é um serviço muito requisitado por empresas que precisam de um acompanhamento da imprensa, seja para guardar todas as suas aparições ou para acompanhar o mercado. Este serviço pode ser realizado em casa a partir da assinatura dos principais jornais e revistas (ou segmentados de acordo com o cliente).

14. Proprietário de Bed&Breakfast

Se você mora em uma região próxima de pontos turísticos ou que seja de fácil locomoção pela cidade (região central), criar um bed&breakfast (cama e café da manhã, em inglês) na sua casa é uma boa opção de negócio. O necessário, em um primeiro momento, é disponibilizar um quarto (ou mais), banheiro e café da manhã para seu hóspede. E, claro, divulgar seu serviço na internet e outros meios.

15. Agente de viagens

Organização e compra de roteiros de viagem, indicando a melhor opção de turismo para o seu cliente. O serviço pode ser realizado de forma autônoma ou como representante de uma empresa do setor.

E para concluir, algumas considerações finais:

• Analise primeiramente qual é a estrutura da sua casa, qual espaço terá disponível para exercer a atividade.

• Fique atento às regras municipais, estaduais e federais para realizar certas atividades. Algumas delas exigem alvarás especiais, licenças específicas, capacitações, cumprimento de normas de higiene, segurança ou espaço próprio para sua execução.

• Atenção às regras de condomínio, que muitas vezes restringem o acesso de visitas e uso da portaria (e porteiro) para encomendas, assinatura de recibos, etc.

• Muitas atividades citadas acima são realizadas fora de casa, mas a recomendação é de que o escritório fique sediado no home office, onde é possível guardar documentos, licenças, ter um telefone fixo para contato, endereço para correspondências comerciais, etc.

• Todos os ofícios que envolvem elaboração de alimentos devem seguir regras específicas de higiene para seu preparo e armazenamento. Consulte a cartilha da Anvisa.


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More