Faça Carreira Olhando Para a Frente, Não Para Trás


* Leila Navarro

Faça um teste. Chegue para um colega de trabalho e diga: “Fale sobre sua carreira”. Sou capaz de apostar que você ouvirá uma história que começa alguns anos atrás, quando o colega se formou na faculdade. Depois ele falará sobre o primeiro emprego, a promoção para supervisor, e o segundo emprego, e o terceiro, e a promoção para gerente etc e tal. 

Isso se repete com a maioria das pessoas, pois elas tendem a falar sobre sua carreira olhando para trás, para o caminho que percorreram, os cargos que ocuparam, as habilidades que desenvolveram, a experiência que acumularam. Mas será que carreira é isso – o que já foi feito? Penso que não. Para mim, carreira é o caminho que se tem pela frente. Não é o passado, é o futuro!

O problema de fazer carreira olhando para o passado, a meu ver, é que isso limita o profissional. Ele terá a tendência de trilhar um caminho que seja a continuação do que tem trilhado, no qual possa usar o conhecimento e a experiência que adquiriu. Isso pode restringir suas possibilidades de careira a aquilo que já conhece, além de dificultar suas iniciativas em áreas completamente novas.

Imagine alguém que se formou em Marketing e sempre trabalhou nessa área, cuidou de vários produtos e tudo o mais. Se faz carreira olhando para trás, sua tendência será continuar no Marketing. Então, se aparecer uma oportunidade trabalhar com Publicidade, pode ser que não aceite o desafio, pois vê a si mesmo como profissional de Marketing. Ele provavelmente nem enxerga oportunidades fora de sua área.

Enquanto isso, o mundo se transforma numa velocidade cada vez maior e novas oportunidades surgem todos os dias. Para aproveitá-las, é comum que os profissionais tenham de se aventurar a fazer o que nunca foi feito antes, nem por eles nem por ninguém!

Mais do que nunca, precisamos nos atualizar, perceber para onde o mundo está indo e nos adaptar, mesmo que isso signifique mudar de área ou profissão. Ter no currículo uma só ocupação, exercer a mesma profissão por muito tempo ou fazer carreira longa será, cada vez mais, coisa do passado. Estamos em plena “era da multifuncionalidade”, conceito difundido pelo economista norte-americano Jeremy Rifkin e o sociólogo italiano Domenico de Masi, entre outros. Eu mesma estou em minha quarta carreira profissional. Formei-me em Fisioterapia e por alguns anos exerci a profissão em um hospital. Depois abri uma clínica de fisioterapia e tornei-me empresária. Mais tarde fiz um curso do método Rolfing de terapia corporal e tornei-me terapeuta. Nessa época, comecei a dar palestras sobre qualidade de vida e, quando dei por mim, já havia virado palestrante profissional. E sei que não vou parar por aí!

Agora, pode alguém que faz carreira olhando o passado ter a ousadia de experimentar algo completamente novo? Dificilmente. Isso é muito mais fácil para quem faz carreira olhando para o futuro.

Costumo dizer que o profissional que deseja ser bem-sucedido hoje em dia tem que ser “paranormal” e tentar perceber para onde o mundo está indo. Partindo das tendências de comportamento, estilo de vida e problemas que temos hoje, como poderemos estar vivendo daqui a cinco, 10, 20 anos? De que maneira isso impactará os negócios de sua empresa e o seu trabalho? O que você pode fazer agora para aproveitar as oportunidades que irão surgir amanhã?

Pensar assim é dirigir a carreira olhando para a frente, para o futuro, atento ao que vem por aí – e não o que já passou. Com certeza, uma trajetória profissional desenhada dessa maneira tem muito mais… futuro.

* Leila Navarro é palestrante motivacional no Brasil e no exterior. É autora de cinco livros, todos pela Editora Gente. Venceu o “8º Prêmio Top Of Mind Fornecedores de RH” na categoria “Palestrante do Ano”, em 2005.
Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More