Como os Amigos Influenciam Sua Carreira?

"Não é você, é o lugar onde você está"

Muitos acreditam que morar perto dos familiares e amigos seria o ideal, no entanto, estudos sugerem que seríamos bem mais felizes se fôssemos solitários. Do mesmo modo, pesquisas apontam que questões que acreditávamos ser individualistas, a exemplo de saúde e inovação, são, na verdade, assuntos coletivos. Como explicou Drake Baer em um artigo para a Fastcompany, "não podemos evitar ser criaturas sociais".

Para Enrico Moretti, que escreveu o livro "The new geography of Jobs” (A nova geografia dos empregos), somos influenciados criativa e produtivamente, de forma direta, por nossa localidade, visto que o lugar que habitamos determina quem nos cerca - de um jeito tal que jamais seria reproduzido na internet Internet.

De acordo com o autor, aqueles que saem de Ohio ou Israel para o Vale do Silício, por exemplo, estão em busca da "ação" e por isso querem se cercar pelos engenheiros, empresários e designers que estão fazendo um trabalho semelhante ao deles. "Quando se está no ramo da criação de novos produtos, ideias e tecnologias", segundo Moretti, "você precisa estar perto dos outros que atuam em sua área". 

Quanto maior for o números de profissionais capacitados e inovadores em um ambiente, mais pessoas com essas mesmas características serão atraídas para lá, de modo que é possível prever o ambiente de trabalho ideal para você, onde sua carreira vai despontar, como também é possível estudar onde as chances de fracasso serão maiores. 

As pessoas com quem convivemos tanto nos ajudam como nos influenciam e assim afetam nossas ideias e comportamento. Ou seja, além da cidade onde moramos, somos influenciados, sobretudo, pelas companhias do local de trabalho.

As relações pessoais são bem mais profundas e ricas do que qualquer processo mediado, como explica Moretti:

"A razão pela qual os acadêmicos são obcecados por com quem seus colegas estão não é apenas prestígio: é a produtividade. A pessoa que contratamos que se senta no escritório ao lado influencia a nossa criatividade e nosso pensamento. Isso se estende à pesquisa do setor privado. Para campos específicos, a presença de uma universidade é crucial. Por exemplo, em pesquisas de ciências humanas, estar fisicamente muito perto de uma universidade é importante. Ser capaz de conversar com os acadêmicos envolvidos em ciência básica, comparecer a seus seminários, compartilhar ideias, é fundamental. Assim, não é por acaso que pesquisadores biomédicos tendem a se agrupar em torno das universidades. Imagine tentar ser uma empresa de biotecnologia no meio de um estado em que não há uma universidade forte de pesquisa. Você se sentiria completamente cortado do processo criativo. Mesmo que você possa ir online e ter acesso às mesmas publicações como todos os outros, e ver as mesmas patentes, você ainda sentirá falta do elemento da interação humana e troca de ideias".


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More