Série SEU NEGÓCIO - O Crescimento é Religioso

Antes de sua empresa passar por uma expansão, considere se você vai ser rígido ou flexível sobre seus padrões. Entenda a importância

Por Enrico Cardoso

Quando se trata de estratégia de negócios, você é católico ou budista?

Em outras, palavras, quando o seu negócio cresce, você se concentra em um conjunto padronizado de abordagens (católico), ou você difunde uma mentalidade geral que permite a interpretação (budista)?

Esta é uma das questões mais importantes que acontecem quando as empresas tentam escalar, afirma Bob Sutton, professor de ciência do gerenciamento na Universidade de Stanford.

Esta metáfora surgiu pela primeira vez quando Stanford e seus colegas foram decidir a forma de espalhar novas ideias em torno do design thinking, um tipo de metodologia de resolução de problemas.

Michael Dearing, um ex-executivo do eBay que era um católico devoto, fez uma pergunta ao grupo: “será que vamos ser católicos ou budistas?”, assim essa terminologia nasceu.

Sutton revelou um pouco de suas preferências quando se trata de suas abordagens.

Na realidade, é provável que você precise usar as 2 estratégias ao longo de sua expansão, mas é melhor começar com a católica, defende Sutton.

Há muitas evidências de que é mais fácil começar com um modelo padronizado fixo, e depois que você iniciar, pode começar a flexionar o seu modelo, defende Sutton.
Por exemplo, considere a abordagem da Starbucks para a expansão do café em seus primeiros dias.

A empresa queria que cada loja evocasse a sensação do café italiano, então eles instalaram máquinas de espresso italiano e, todas as lojas tocavam música clássica.

Os americanos, por exemplo, não gostaram muito disso. Eles queriam sentar e saborear o café, enquanto ouviam música pop suave. Então a Starbucks ajustou.

Mas a rigidez do início serviu como ponto de ajuste para que fosse possível fazer os ajustes. E o que a Starbucks sabe hoje é resultado de 40 anos de ajuste.

Essa é uma daquelas coisas que não acabam. Se você acha que tem uma resposta, espere até amanhã. Você vai ter que mudar novamente.
___

Este artigo foi adaptado do original, “Bob Sutton: Think About Growth as a Religion (Yes, Really)”, da Inc.
Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More