Kotler, Cadê Meus “P´s”?

Por Luiz Perez

Assim como a maioria dos estudantes de Marketing, a minha vida se dividiu entre “antes” e “depois” de Philip Kotler, o prestigiado “papa do marketing”. Foi ele o criador dos famigerados pilares da disciplina em questão, popularmente conhecidos como os 4 p´s de Marketing (Product, Price, Place and Promotion), que mais tarde receberiam outros tantos p´s, já sem toda a força e impacto dos p´s do passado. 

O inesquecível livro “Administração de Marketing”, de capa vermelha, até hoje tem espaço garantido nas prateleiras de bibliotecas e nos acervos de consulta das empresas. Mas este artigo não se propõe a lembrar as histórias deste livro e sim contar como teve início a Nova Era do Marketing. 

E então os estudantes de Marketing formados a partir da década de 1990 cresceram e passaram a ocupar as posições de executivos nas empresas e saíram em busca dos tais “p´s” que tanto foram pauta das provas na faculdade e dos testes em dinâmicas de entrevistas de emprego. E, como uma cruzada, sob a égide papal de Kotler, os “marqueteiros” vasculharam suas áreas em busca do “P” PRODUTO e se frustraram ao perceber que este “P” já havia sido conquistado pela área de Engenharia.

Obstinados pelo santo graal corporativo, os cavaleiros procuraram pelo “P” do PREÇO, mas foram surpreendidos ao descobrirem que o Financeiro já havia chegado antes e se apossado do mesmo. Já um pouco fraquejados, buscaram timidamente o “P” PRAÇA, porém confirmaram as expectativas de que a Logística havia se desenvolvido muito e já dominava este pilar.

Foi então que, tomados pelo espírito de batalha, correram atrás do último “P” restante, aquele que mais tinham chance de dominar, o “P” da PROMOÇÃO. Lutaram bravamente contra as grandes agências de Propaganda, que tinham posse de grande parte das terras deste feudo e, finalmente, conquistaram seu quinhão de felicidade.

Foi assim que surgiu a nova Era do Marketing, alicerçada sobre novos pilares, os 4E´s: EVENTOS, E-MAILS , ENDOMARKETING e o mais importante de todos, que engloba os demais processos, o ETC. E o possível “E” da Estratégia acabou ficando nas mãos da área Comercial. E o Cliente, Componente Central desta Cena, acabou Comprando do Concorrente. É Por isso que Pergunto ao Papa Philip: Kotler, cadê meus “P´s”?


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More