Série SEU NEGÓCIO - Como Saber se Você é o Problema do Seu Negócio

Especialistas em empreendedorismo afirmam que vender muito no primeiro ano não significa que o negócio é um sucesso

Por Camila Lam

Empreender significa lidar com incertezas, arriscar e acreditar na sua ideia de negócio. Para Marcelo Aidar, coordenador-adjunto do Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP), um dos principais erros cometidos por empreendedores, principalmente os iniciantes, é o de não utilizar indicadores para avaliar a sua pequena empresa ou startup. 

“O empreendedor tem apego à ideia dele e talvez ele não tenha validado as hipóteses e foi para o mercado. E o mercado pode dar os sinais de que não está sendo viável”, afirma Cynthia Serva, coordenadora do Centro de Empreendedorismo do Insper.Veja alguns sinais que mostram que você está errado em relação ao seu negócio.

1. Não presta atenção nos números

Organização e planejamento financeiro são essenciais para quem deseja ver a empresa crescer. “Uma coisa é ele não ter recurso para investir em marketing e o outro é não ter capital para pagar as despesas”, afirma Cynthia.

Sem ter feito um cálculo do capital de giro necessário para renovar o estoque ou para pagar os funcionários, o empreendedor pode enfrentar dificuldades constantemente com o caixa do negócio. “Precisa criar indicadores para que ele possa enxergar melhor o negócio. Quanto mais você aumenta as suas vendas, mais você vai precisar de recursos”, ensina Adair.

2. Acredita que está sabe tudo

Ter confiança é essencial para quem deseja ter sucesso no empreendedorismo. Mas, é preciso cautela para que o excesso de confiança não atrapalhe o negócio. “Superestimar o mercado, por exemplo. Pode ser que não tem tantas pessoas com a necessidade que ele precisava ou então achava que não tinha concorrência”, conta Adair.

“Empreendedor nunca deve cair no erro de que ele sabe tudo do negócio dele. Até porque o mercado muda muito e muda muito rápido. Mudanças de tendência e de consumidores podem impactar o negócio”, afirma Cynthia.

3. Os clientes não estão satisfeitos

Vender muito no primeiro ano não significa que o negócio é um sucesso. “Ele só tem um aumento na venda porque é novidade, mas ele não consegue ter sinais de fidelização e saber o quanto o cliente está gostando ou não”, afirma Aidar.

“Pode ser que o negócio não esteja indo bem porque ele não tem canal de comunicação. Às vezes, o cliente tá comprando no vizinho porque o atendimento não está bom”, afirma Cynthia. Ela recomenda que o pequeno empresário preste atenção na equipe que atua na linha de frente do seu negócio e veja se a entrega está sendo feita.

4. Inova só no começo

Empreender em um ambiente com concorrentes demanda que o empresário saiba qual é o diferencial da sua empresa. “É comum os empreendedores falarem ‘meu diferencial vai ser a qualidade do produto e o atendimento’”, diz Adair. Nesses casos, ele recomenda que o diferencial seja reconhecido pelos consumidores de forma clara. “Nunca deve parar de pesquisar, parar de querer compreender os concorrentes ou conhecer mais sobre o setor que está inserido”, diz Cynthia. 


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More