As Perguntas Para o Jovem Responder Antes da Entrevista

Confira um roteiro de questões para se preparar antes de encarar o recrutador em seleções para estágio ou trainee, indicadas pela gerente da Page Talent

Por Camila Pati

Uma boa preparação antes de encarar o recrutador é essencial para ter sucesso na entrevista de emprego. Disso, muitos jovens, mesmo sem experiência, já sabem.

O problema reside mais nas táticas de preparação. Por onde começar, o que estudar sobre a empresa e o que saber sobre si mesmo são algumas das dúvidas que podem surgir nesta fase pré-entrevista.

A seguir estão algumas perguntas para responder antes da etapa presencial dos processos seletivos, indicadas por Manoela Costa, gerente da Page Talent, unidade de negócios da Page Personnel dedicada ao recrutamento de estagiários e trainees.

A dica da especialista é anotar as respostas para conseguir expor as informações de maneira organizada. Confira:

1. Qual o momento econômico e as tendências deste mercado?

Fazer a conexão com o que está acontecendo no setor em que está inserida a empresa é uma das primeiras etapas da preparação.

De acordo com Manoela, procurar matérias sobre o assunto conta pontos a favor do candidato. “O jovem em geral lê pouco e o risco é ter uma visão simplista, pequena do cenário”, diz. Evite repetir frases que ouviu. Faça você a pesquisa.

Normalmente, uma percepção mais geral já faz com que o jovem se destaque. Mas se a oportunidade é no mercado financeiro, atenção. “Nesse caso é mais importante entender a economia como um todo. Em empresas de outros segmentos é mais uma pincelada sobre o assunto”, diz.

2. No que você é bom?

Como você é reconhecido por seus colegas? Pense em suas qualidades e em que elas podem contribuir para a empresa para a qual você se candidatou.

“São perguntas simples, mas que normalmente os jovens não se fazem e aí, chega na hora da entrevista, parece coisa de outro mundo”, diz Manoela.

3. Por que você quer trabalhar na empresa?

A cultura da empresa e a sua missão podem fazer toda a diferença no seu desejo de vestir o crachá daquele lugar. Procure entender como as coisas funcionam, qual a maneira de trabalhar.

“O jovem acaba se inscrevendo em muitos processos de trainee ou estágio. Muitas vezes está tão desesperado para conseguir uma vaga que deixa de pensar sobre aquela empresa”, diz Manoela.

A especialista garante: quem tem o tal do “brilho nos olhos” pela empresa ou área vai se sair melhor que a maioria.

4. Quais as suas principais conquistas e aprendizados?

Segundo Manoela, o autoconhecimento é etapa obrigatória da preparação. Reflita sobre seus pontos fortes, conquistas, vitórias. Mas não deixe de lado também os desafios, derrotas, pontos de melhoria. Saber extrair aprendizado de situações difíceis é uma qualidade valorizada pelas empresas.

Às vezes, os candidatos ficam tão preocupados porque não têm experiência ou a consideram insignificante já foi pouco tempo, explica Manoela.

“Mas saber explicar o que aprendeu fazendo intercâmbio, o motivo da escolha da cidade e expor principais vivências pode ser bastante positivo se fizer sentido”, diz.


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More