A Importância da Pesquisa de Mercado Para o Sucesso Dos Negócios

Da abertura até reestruturação de empresas, a ferramenta é estratégica para quem quer se manter no mercado

De janeiro a setembro de 2013, 1.427.162 novas empresas foram criadas no Brasil de acordo com o Indicar Serasa Experian de Nascimento de Empresas. Delas, cerca de 24% não irão sobreviver aos primeiros dois anos devido a fatores econômicos, falta de planejamento ou inadimplência. O desconhecimento sobre o mercado em que atuam também colabora para um resultado negativo mas, para esse problema, os empresários podem recorrer a uma ferramenta estratégica: as pesquisas de
mercado. 

O especialista e diretor executivo da Idealis Pesquisa & Comunicação, Alexander Luiz, alerta que as pesquisas de mercado são de suma importância nesse processo inicial de abertura de uma empresa. Segundo ele, elas permitem identificar fatores que irão impactar diretamente no negócio, como concorrência, localização, perfis de consumidores, demanda, teste de preço, teste de produto, teste de embalagem e projeções de venda, entre outros. 

“Os estudos levantam dados reais e confiáveis que municiam os empresários com informações decisivas para a tomada de decisões. Seu principal objetivo é dar subsídios que viabilizem os negócios”, explica. Para ele, entender bem o segmento onde se está inserido deve ser considerado como parte integrante do processo de estruturação das empresas e um dos primeiros passos antes de se iniciar uma atividade comercial. É a partir daí que se desenvolvem planos e estratégias que permitam a continuidade das atividades a médio e longo prazo. 

“Os resultados das pesquisas de mercado podem orientar o profissional a investir em alguma ação específica, modificar sua proposta original ou até mesmo desistir da iniciativa. Isso porque os estudos apresentam, com alto grau de clareza, o cenário em que a empresa irá atuar”, reforça Alexander.

Para se chegar a esse cenário, institutos como a Idealis realizam entrevistas com o público-alvo da organização, coletam dados estatísticos em órgãos oficiais (como Prefeituras e IBGE) e, quando possível, até fazem projeção de margem de lucro. Tudo isso considerando também os muitos fatores que afetam um negócio, como a área onde está localizado, quantidade de pessoas que circulam, sazonalidade, se a movimentação pode gerar volume de venda, os concorrentes diretos e indiretos.

Cada caso envolve uma série de critérios específicos que variam de segmento para segmento e influenciam também a maneira como a pesquisa vai ser feita — por exemplo, se o público vai ser entrevistado na rua, por telefone, e-mail ou uma combinação de métodos. “De posse dos resultados das pesquisas de mercado, o empresário consegue ter uma visão mais ampla sobre onde estará pisando, quais caminhos pode percorrer.

Isso certamente contribui para aumentar as estimativas de sucesso de sua empresa”, afirma Alexander Luiz. Informação para gerar diferencial competitivo

Se o que se deseja é conhecer informações estratégicas de empresas que já estão no mercado, há diferentes tipos de estudo. Para comparar a percepção que os líderes têm de sua organização com a visão do cliente, procede-se à pesquisa de posicionamento. A pesquisa de satisfação permite verificar como os públicos de relacionamento avaliam os produtos, serviços e atendimento. Também é possível entender como os clientes percebem a marca da empresa, comparar o negócio com a concorrência, e mensurar quais são os detalhes subjetivos que motivam o consumo (pesquisa etnográfica), além de outros quesitos. 

O empresário ainda acrescenta que, embora as pesquisas de mercado possam ser aplicadas a qualquer tipo de empresa e segmento, ainda são poucos os que a utilizam como ferramenta permanente de mensuração. “Geralmente, o mercado tem uma visão de que as pesquisas são restritas às grandes empresas, mas esse mito tem que acabar. Pequenos e médios empreendedores têm percebido a importância da ferramenta, mas acreditam que o custo de um projeto de pesquisa é bastante oneroso para seu negócio e isso é um mito. Tudo depende no nível de informação que se quer obter e é possível fazer uma pesquisa de mercado que se adeque às necessidades de quem quer abrir ou manter um empreendimento”, esclarece. 

Assim,as pesquisas podem dar novos direcionamentos para o planejamento e também para as ações porque funcionam como um termômetro que indica comoestá o mercado. Pode-se definir como um produto ou serviço está sendo avaliado, o que poderia acontecer se se tivesse adotado outras medidas e como se pode resolver um problema amparado por dados empíricos. “Não existe uma hora específica para se utilizar as pesquisas de mercado pois elas são úteis a todos os momentos e ajudam as empresas a estarem melhor posicionadas em seu segmento”, afirma Luiz. 


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More