10 Grandes Marcas Que Podem Desaparecer em 2014

Lista inclui empresas, como a Mitsubishi e Olympus, que enfrentam queda nas vendas, contas no vermelho e até risco de falência

Por Luiza Belloni Veronesi

A cada ano, o site 24/7 Wall St. lista 10 grandes marcas que podem desaparecer nos próximos meses. Entre as que estão na “berlinda” para 2014, aparecem a Volvo, JC Penney e até a Olympus.

Segundo o site, a lista reflete as tendências do setor, que podem acelerar o desaparecimento de determinadas marcas. Além disso, foram analisados critérios de cada empresa, como a queda nas vendas, mudanças na gestão, contas no vermelho, pedidos de falência, perda de clientes e crise de imagem.

Com base nos cálculos do 24/7 Wall St., todas as marcas poderão desaparecer dentro de 18 meses. Confira quais são elas:

1. Mitsubishi Motors

Com vendas cada vez menores, em breve, a Mitshubishi Motors deve deixar o mercado norte-americano, assim como sua rival japonesa Suzuki fez no final do ano passado, prevê o site. “A participação da Mitsubishi no mercado dos EUA foi de apenas 0,3% em abril. Ela também não tem como competir com outros concorrentes, como Porsche e Land Rover.”

2. JC Penney

Segundo o site, nos últimos anos, a empresa enfrenta perdas de vendas e já recorreu a muitos empréstimos para tentar sair do “sufoco”. “O setor é muito competitivo. Grandes varejistas, como Walmart e Macy, já ultrapassaram a marca e crescem ainda mais”, afirmou a publicação.

3. Nook
O leitor de e-books da Barnes & Nobles foi lançado para concorrer com o Kindle, da Amazon.com, que se manteve na liderança. Ambos produtos, contudo, sofreram com a entrada do iPad, da Apple, no mercado. Analistas apontam que, até o final deste ano, as vendas de tablets devem crescer 69,8%, enquando o setor de e-readers terá diminuição de 27%.

4. Martha Stewart Living Magazine

A revista de decoração teve de enfrentar uma queda vertiginosa nas páginas de publicidade, o que culminou em uma crise financeira.

5. LivingSocial

Há boatos de que o site de ofertas LivingSocial, concorrente do Groupon, pode ser vendido no ano que vem. No primeiro trimestre deste ano, o site já perdeu US$ 50 milhões, resultado bem abaixo do lucro de 156 milhões registrado no mesmo período do ano passado.

6. Volvo

“Nos Estados Unidos, a Volvo nunca teve ampla gama de modelos ou marcas. Em abril, sua cota de mercado no país caiu para 0,3%”, disse a publicação. A Volvo pode ser sufocada por seus concorrentes como a General Motors e Toyota, além das marcas de luxo BMW, Mercedes e Audi. No primeiro quadrimestre de 2013, a empresa vendeu apenas 19.571 veículos nos EUA, queda de 8%.

7. Olympus

Exceto pelos líderes como Canon, Sony e Nikon, estar no mercado de câmera digital já não é mais um bom negócio. As vendas mundiais da marca registraram queda de 18% em 2012.

8. WNBA

A liga feminina, fundada em 1996, sofre com falta de equipes e de patrocinadores. A audiência na TV norte-americana também vem diminuindo nos últimos anos.

9. Leap Wireless

A ações da companhia de telecomunicações caíram 90% nos últimos cinco anos. Analistas da Bloomberg preveem também que a empresa não terá mais lucros até 2015.

10. Road & Track

A mais antiga revista especializada em automóveis luta para se manter entre suas concorrentes em um mercado já não tão promissor. Ela também perdeu espaço na web e corre o risco de não conseguir se sustentar a longo prazo.


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More