Você Conhece Bem a si Mesmo?

Autor: Leila Navarro

Poderosos, autoconhecimento é a palavra de ordem e um aspecto relevante dessa competência é a identificação de talentos– a capacidade que cada um de nós tem de explorar os frutos da experiência pessoal para alcançar a realização. Pessoas que conquistam o seu espaço e o sustenta são aquelas que identificam e assumem as coisas que gostam e sabem fazer com naturalidade, facilidade e prazer. Reconhecer aptidões e habilidades permite a criação de uma trajetória pessoal e profissional diferenciada e bem-sucedida, pois, atualmente, o conhecimento e o capital intelectual não são tudo. O sucesso acontece naturalmente para as pessoas que têm a coragem e a simplicidade de serem elas mesmas. Então, a ideia aqui é ajudá-lo no reconhecimento do que existe em você mesmo. Está disposto? Então siga em frente com a certeza de que saber quem somos facilita todos os nossos caminhos!

Você conhece bem a si mesmo?

Conhecer-se a si mesmo é essencial para atingirmos nossos objetivos, metas e sonhos. Para isso, é preciso que nos aprofundemos dentro de nós mesmos com muita verdade e calma. E sem medo. Saber quem somos facilita nosso caminho para sempre!!

Assinale qual das alternativas tem mais afinidade com você.

1) Um amigo não tão íntimo assim faz um comentário a você, sobre sua forma de ser, que mais lhe parece uma forte crítica. Qual sua reação?

Ignora o fato, afinal as pessoas criticam à vezes por falta do que fazer.

Tenta entender a crítica e encontrar uma causa para ela.

Pensa um pouco, e questiona seu amigo. Começa a se preocupar.

2) Vamos supor que sua reação foi muito agressiva, chegando até a ser violenta. O que você faria?

Justificaria sua conduta imediatamente perante todos.

Observaria a conseqüência do seu ato, e começa a pensar em não fazer isso novamente.

Primeiro pediria desculpas, depois se sentiria culpado por seu comportamento.

3) Você tem idéias firmes e claras sobre os valores fundamentais para sua vida?

Sim, em sua maioria.

Não, depende de muitas coisas.

Às vezes parece que sim, mas se você parar para pensar pode descobrir que não.

4) Você sabe o que busca e o que espera encontrar na sua vida?

Neste quesito você encontra um certo desequilíbrio: acaba buscando coisas que não te interessam, trazendo-te alguns objetivos diferentes daqueles que você almeja.

Sim. Você se esforçou muito, e agora tem isso bem claro em sua mente.

Não. Você não sabe bem o que quer, apenas vai onde o barco te levar.

5) Te preocupa o fato de ter uma reação inesperada, como uma conduta estranha, perder o controle ou algo do gênero?

Não. Pode ser que isto ocorra. Mas você não se preocupa.

Sim. Constantemente essas idéias lhe passam pela cabeça e você receia não saber controlá-las.

Você sabe como conduzir uma reação dessas, sabe que é capaz de manter o controle, então não se preocupa.

6) Para se conhecer melhor você gostaria de contratar um profissional?

Sim. Já tenho um profissional ou pretendo contratar um.

Você acredita que já se conhece bem, porém se ver que é necessário um profissional, não hesitaria em contratar um.

Você já se conhece o suficiente e crê que não é necessário se aprofundar mais, nem tão pouco contratar um profissional.

7) Coincidem as informações que você pensa que é com as quais os outros dizem que você é?

Na maioria das vezes, sim. Elas coincidem.

Nunca parou para pensar nisso, e tampouco te importa saber.

Quando essas informações não batem, você investe seu tempo para descobrir quem tem razão: você ou os outros.



Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More