Os Hábitos de Finais de Semana de Oito Pessoas Bem-Sucedidas

Diferente do que muitos pensam, pessoas bem-sucedidas não resolvem problemas de trabalho ou adiantam seus afazeres nesses dois dias

Por Luiza Belloni Veronesi

Um estudo do Bureau of Labor Statistics mostra que 81% dos profissionais norte-americanos verificam seus e-mails corporativos aos finais de semana. Mas, será que isso ajuda ou atrapalha na produtividade durante a semana?

O site Huffington Post mostrou o que algumas pessoas bem-sucedidas fazem ou faziam aos finais de semana. Diferente do que muitos pensam, eles não resolvem problemas de trabalho ou adiantam seus afazeres nesses dois dias – mas cultivam hábitos relaxantes para afastar os problemas da mente. “No mundo corporativo, as pessoas bem-sucedidas sabem que os finais de semana são o grande segredo para uma jornada de trabalho mais produtiva”, afirmou Laura VanderK, autora do livro “168 Hours: You Have More Time Than You Think” (“168 Horas: Você Tem Mais Tempo que Imagina”, em tradução livre). “Esse é o tempo para relaxar e, principalmente, para recarregar a energia.”

E você, o que faz nos finais de semana? Veja abaixo alguns hábitos que oito pessoas bem-sucedidas cultivam (ou cultivavam) no sábado e domingo:

Spencer Rascoff

Não importa o quanto a semana no portal imobiliário Zillow.com foi movimentada, o CEO Spencer Rascoff sempre prioriza passar seu final de semana com a família, longe dos problemas do trabalho.

“Meus finais de semana são um momento importante para desligar do cotidiano e ter a chance de pensar mais profundamente sobre minha empresa e os negócios”, disse Rascoff em uma entrevista à Forbes, em fevereiro deste ano. “Os fins de semana são uma excelente oportunidade para refletir e ser mais introspectivo sobre questões mais importantes.”

Malcolm Gladwell

O jornalista, escritor e colunista do The New Yorker gosta de passar suas manhãs de domingo lendo um jornal e tomando um belo café da manhã.

Zac Posen

O estilista nova-iorquino afirmou que acorda às 8h30 aos domingos e caminha com seu cão pelas ruas de Manhattan. Depois, lê jornais tomando seu café da manhã e, no final do dia, desfruta a hora do chá, seguido de um jantar com os amigos.

Mark Twain

Depois de uma longa semana produtiva, o escritor fazia questão de relaxar aos domingos com sua esposa e filhos em uma fazenda.

Padmasree Warrior

A CTO (Chief Technical Officer) da Cisco aproveita os sábados para se desligar do trabalho. Em entrevista ao The New York Times,em 2012, ela afirmou que reservar esse tempo a ajudou a gerenciar as demandas em seu cargo anterior, que exigia supervisionar 22 mil funcionários.

Gustave Flaubert

O escritor francês, que lançou grandes romances como “Madame Bovary” (1857), tinha madrugadas de escritas durante a semana, mas aos domingos, ele tomava um tempo para refletir sobre seu trabalho e compartilhava suas escritas com os amigos.

Rachel Maddow

Âncora da rede MSNBC diz que fica bem longe do trabalho nos finais de semana, deixando seu apartamento em Manhattan para ficar em sua antiga casa de campo em Massachusetts.
Lá, ela se desconecta da tecnologia (a casa não tem TV a cabo) e sua agenda inclui a leitura de livros, de acordo com o site.

Joan Didion

Todos os domingos, a escritora norte-americana caminha lentamente pela Lexington Avenue, em Manhattan, parando para tomar um café da manhã em um café da região.



0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More