Alguns Conselhos de Experts Que Iniciantes em Marketing Digital Podem Ignorar

No esforço de replicar os cases de grandes empresas, muitas pessoas e empresas iniciantes em marketing digital acabam seguindo dicas de especialistas que não se aplicam ao seu caso. Saiba nesse artigo quais são esses erros mais comuns

Por Eric Santos

É natural que, ao iniciar suas estratégias de marketing digital, médias e pequenas empresas busquem referências do mercado. É muito útil que seus gestores participem de palestras, leiam livros sobre os temas e sigam especialistas da área para adquirir mais conhecimento.

No entanto, é preciso atenção na hora de tentar reproduzir modelos de grandes empresas ou seguir dicas contidas em cases de grandes companhias, pois, na maioria dos casos, eles não se aplicam a empresas de menor porte.

Separei aqui alguns conselhos que ouvimos frequentemente, mas que médias e pequenas empresas devem evitar considerar em sua estratégia de marketing digital.

Investir nas redes sociais da moda (ou estar presente em todas as opções)

Ao contrário de grandes empresas, que dispõem de verba e equipe para conseguir estar presente em praticamente todas as redes sociais, não vale a pena manter perfis simultâneos se o seu negócio não tem estrutura suficiente pra isso.

Descubra em qual das redes está presente a maior fatia do seu público-alvo e comece investindo apenas naquilo que já é consolidado e tende a oferecer resultados mais garantidos. Preocupe-se, em primeiro lugar, com o conteúdo que será publicado.

Uma abordagem efetiva é produzir conteúdo de qualidade no seu blog e utilizar as redes canal de distribuição do seu material. Além disso, a ferramenta escolhida pode ser utilizada como um bom canal de interação com Leads e clientes.

Usar monitoramento muito sofisticado

Com o objetivo de evitar crises, avaliar o efeito de campanhas publicitárias e gerenciar milhares de interações diariamente, grandes empresas acabam investindo em ferramentas mais precisas e abrangentes. Isso tudo porque é preciso realizar análise de sentimento, de influência e obter relatórios avançados.

No entanto, o monitoramento das médias e pequenas empresas deve ser diferente. Como o número de menções diárias geralmente é reduzido, uma ferramenta que gere um relatório diário com posts citando a empresa já é suficiente. Com isso é possível acompanhar o que é dito sobre a empresa para responder em tempo hábil e investir no relacionamento com clientes (atuais ou potenciais) e referências no seu mercado.

Realizar testes e otimizações cedo demais

Há diversos ajustes que você pode fazer, seja em suas Landing Pages, seja escolhendo melhor as palavras-chaves que definam o seu negócio, ou mesmo mudando os horários de publicação de posts no blog e em redes sociais ou de envio de e-mail marketing.

O fato é que só é possível saber que mudanças vão surtir efeito se sua empresa já tiver volume de conteúdo o suficiente para aplicar testes e conseguir visualizar a relevância das alterações. Não adianta, por exemplo, melhorar a taxa de conversão de uma Landing Page de 10% para 20% se ela recebe 50 visitas no mês. Seu crescimento será de apenas 5 Leads.

Primeiro foque em criar conteúdo relevante e tornar seu site atrativo para conseguir crescer e ganhar escala. Deixe as otimizações e ajustes pra mais tarde, quando a empresa já possuir mais corpo em marketing digital.

Esperar as primeiras posições do Google para palavras-chave competitivas

Se você está apenas começando, dificilmente terá autoridade suficiente para estar nas primeiras posições, ainda que seu site tenha uma boa estrutura e as páginas estejam otimizadas para palavras-chave importantes do seu negócio. O principal fator de rankeamento ainda está na autoridade do site perante o Google e seu domínio vai conseguir com o tempo.

O caminho para isso é produzir conteúdo relevante para ganhar links, além de fazer com que as URLs sejam amigáveis, a estrutura das páginas seja bem definida e que o conteúdo esteja sendo indexado. Esqueça outras otimizações dentro da página por um tempo. Quando já tiver mais autoridade, volte a otimizar pensando nas palavras-chave importantes.

Produzir um “viralzinho”

Que empresa não desejaria ver seu conteúdo sendo disseminado rapidamente por milhões de pessoas via mídias sociais? Viralizar, no entanto, é para poucos. É muito difícil prever o que vai ser um sucesso extremo e o que não vai ter tanta repercussão assim, mesmo que a ação tenha demandado esforços e seja bem feita.

Se você está começando, pense em consolidar uma base e construir um ativo aos poucos, com bom conteúdo e audiência nas mídias sociais. O resultado é questão de tempo.

E, lembre-se: mais importante do que atrair milhões de pessoas em torno de seu conteúdo é conseguir fidelizar o público certo, aquele que realmente vai querer comprar o seu produto ou serviço.


Fonte de imagem: clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More