Bom Executivo Vem de Berço, Desde Que o Pai Ajude; Veja Como

Desde pequeno, um pai pode criar o filho para se tornar um gestor de sucesso; é só prestar atenção em alguns pontos

Por Luísa Melo

Se a presença e influência do pai é importante na vida pessoal dos filhos, nos negócios de família, ela é essencial. A relação construída entre eles pode levar ao sucesso ou ao fracasso de uma empresa. Alguns comportamentos podem ser decisivos. Veja alguns deles:

Dar oportunidade para o filho conviver no ambiente de negócios

Segundo a professora de desenvolvimento empresarial da Fundação Dom Cabral, Maria Teresa Roscoe, o pai pode facilitar o desenvolvimento dos herdeiros se, desde cedo, permitir que o filho conviva com ele nas atividades dentro da empresa, assim ele aprende não só como conduzir os negócios, mas também retém os valores de família

Valorizar rituais de convivência

“É o caso do tradicional almoço de domingo na casa dos avós”. Segundo Maria Teresa, é nesses momentos em que fica claro qual é a cultura da família, que está sempre presente nos negócios

Ter uma orientação positiva sobre os problemas familiares

Quem vai tocar um negócio, precisa estar preparado para lidar com conflitos. Para facilitar esse aprendizado, Maria Teresa afirma que é importante que os pais criem um ambiente em os filhos possam participar dos problemas e soluções em casa

Construir um alinhamento com os sócios

“É abrir o ambiente para o diálogo e a troca com o filho. É deixar claro para ele quais são as regras e critérios que todos os sócios devem seguir para lidar com aquele negócio”, afirma Maria Teresa.

Expor o filho à diversidade

Um executivo precisa saber lidar com as diferenças. Os pais podem repassar isso para os filhos se permitirem que eles passem por situações adversas “desde sempre”. “Não é criando os filhos em uma redoma de vidro que você vai conseguir isso”, diz Maria Teresa.

Permitir que o filho seja responsável por uma área dentro da empresa

Uma vez que o herdeiro já participa das atividades da empresa, começando pelos níveis de base, é importante que em algum momento ele consiga espaço para liderar. “Eles precisam passar de uma posição mais dependente para uma de maior autonomia dos pais, precisam ter a oportunidade de exercitar”, ressalta.

Deixar claro que sucesso exige esforço

Nada vem de graça no mundo dos negócios. Não é porque uma empresa foi herdada em bom desempenho que ela irá continuar assim para sempre. “É importante que os filhos tenham a clareza de que uma boa estratégia exige muito esforço e muito trabalho”, diz.

Conter expectativas

É natural que os pais depositem muita expectativa em cima da atuação de seus filhos no negócio. Mas é preciso cuidar pra que isso não sufoque as características pessoais dos filhos. “Eles não devem ser moldados. Precisam ter uma estrutura de pensamento própria”, afirma Maria Teresa.

Conter o controle

Um pai muito autoritário e com um controle exagerado sobre as atividades do filho, pode atrapalhar o desenvolvimento dele nos negócios. “É importante que ele saiba qual é a visão de futuro para os negócios da família, mas precisa ter independência para agir”, diz a professora.


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More