Como Criar Uma Rede de Contatos Promissora Para Seu Negócio

Fazer networking é essencial para empreendedores que querem ver o negócio crescer


Por Priscila Zuini

Ter uma rede de contatos pode ser simples e não custa quase nada. Por que então muitos empreendedores não prestam atenção nisto? Provavelmente porque exige tempo e dedicação. O networking bem feito, segundo especialistas, pode ajudar muito a fazer o negócio crescer.

A vida digital tem contribuído para que os empresários exercitem mais a habilidade de se conectar com pessoas e empresas que podem ser interessantes para a pequena empresa. Veja as sugestões de Victor Trujillo, coordenador dos Cursos de Férias PME da ESPM, e Thiago de Carvalho, coordenador do Centro de Empreendedorismo do Insper, para criar uma rede de contatos sólida no seu negócio. 

1. Use as redes sociais

As redes sociais devem ser vistas como ferramentas para a empresa. Segundo Trujillo, o investimento é praticamente nulo e só exige tempo do empreendedor. “Ele precisa ter a visão de que é uma ferramenta de trabalho e autorizar os funcionários a acessarem”, diz. 

Com a trama de contatos virtual, fica mais fácil localizar pessoas interessantes e contatos que podem ser úteis para o negócio. “A ausência das mídias coloca a empresa em posição de desvantagem”, explica Trujillo. Vale lembrar que mandar uma mensagem igual para várias pessoas oferecendo seus serviços não é uma boa forma de uso. 

2. Pense nos laços fracos

Para Carvalho, manter contato sempre com as mesmas pessoas pode ser um problema na vida do empreendedor. “É importante criar uma rede de laços fracos, que vai fazer as informações chegarem ao empreendedor. Se só convive com o sócio, chega uma hora que não tem mais novidades e anda em círculos”, diz. Os tais laços fracos seriam pessoas que você conhece, mas não passa tanto tempo junto. 

3. Participe de eventos

Os eventos são ótimos lugares para conhecer pessoas que tenham a ver com sua empresa. Nas feiras, é preciso se planejar para conversar com os contatos certos. “Muita gente vai a feiras como faz no supermercado, parando aqui e ali”, opina Trujillo. É importante pesquisar quais empresas vai visitar e realmente desenvolver uma conversa no local.

Para os negócios que costumam expor nestes eventos, é importante ter funcionários capacitados para estas conversas. “Muitos expositores não colocam o primeiro escalão da área comercial na feira, chegando a terceirizar o atendimento”, critica o professor da ESPM. 

Em cursos e palestras, vale a pena aproveitar os momentos de intervalo, como o coffee break. “Este contato é o ganho secundário, além do conteúdo do evento. Vale até uma aproximação com o concorrente, trocar um cartão, aproveitando um espaço neutro”, sugere. 

4. Invista em qualidade

Não se preocupe demais em ter muitos contatos. O importante é ter uma rede consistente e que possa de fato ser útil para o negócio. Acumular muitos contatos pode ser prejudicial para o networking. “Algumas pessoas se preocupam com quantidade de contato. Não é a quantidade, é a qualidade que importa. Se não vai conseguir nutrir os contatos, perde o foco”, diz Trujillo. 

5. Seja cordial

Forçar uma aproximação ou mesmo enviar mensagens padronizadas para muita gente são ações que não ajudam a compor sua rede. A relação deve ser sempre cordial. “Não é legal forçar as coisas. Não é só pedir um favor. É estabelecer um canal de comunicação que pode usar para alguma coisa no futuro. Quanto mais tempo passa nutrindo, mais a rede vai se moldando”, explica Carvalho. 

6. Deixe a timidez de lado

Na hora do networking, a timidez pode atrapalhar. Por isso, não se intimide em pedir licença e se apresentar para alguém. A troca de cartões é saudável e esperada em muitos momentos. “As pessoas não procuram as outras, por medo ou vergonha. Eu tive casos sérios de empreendedores que poderiam ter se beneficiado se tivessem falado com as pessoas”, diz Carvalho. Vale também dar atenção a quem te procura para networking. 


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More