5 Mitos Sobre Ser um Bom Vendedor

Especialistas em vendas listam percepções erradas sobre o que faz um vendedor ter destaque

Por Camila Lam

Bater metas, vender muito e fechar um negócio com um cliente difícil. O que, afinal, torna um vendedor bom? “O bom vendedor faz perguntas certas e encontra boas oportunidades”, afirma Carlos Cruz, diretor do IBVendas.

As vendas são indispensáveis para o sucesso de um negócio. E, para um empreendedor, o desafio está em treinar a sua equipe de vendas e também desenvolver algumas habilidades para facilitar a conversa com clientes, fornecedores e investidores, no caso de startups. 

Marcelo Ortega, palestrante de vendas e consultor empresarial, afirma que os vendedores que se destacam são aqueles que conseguem lidar bem com objeções durante a negociação de uma venda. Para isso, é preciso se capacitar e dominar técnicas.

André Ortiz, especialista em vendas e diretor da Oficina do Sucesso, completa que um bom vendedor é o que não “empurra” qualquer produto para fechar uma negociação. Veja abaixo, alguns mitos sobre bons vendedores:

1. Bom vendedor é aquele fala muito 

Falar bem é uma habilidade essencial para um bom vendedor, mas o que importante durante a venda de um produto ou serviço é questionar o outro lado. “É preciso criatividade para buscar alternativas e ter um repertório variado, para falar com um empresário ou com uma dona de casa”, explica Cruz.

Para Ortega, aquele vendedor que dispara a falar e normalmente erra o que o cliente deseja está ultrapassado. 

2. Bom vendedor é o que dá desconto

Para fechar uma venda, é comum que os vendedores recorram a descontos ou brindes. “O bom vendedor cria um valor agregado para o que está vendendo”, afirma Ortiz.

O desconto não deve ser uma solução recorrente. Para Ortega, o ideal é que o profissional pesquise alternativas que estejam ao seu alcance para fechar o negócio. 

3. Um bom vendedor vende qualquer coisa, para qualquer um

Um profissional de vendas sabe que é preciso criar estratégias para atingir o público. “Em alguns casos, é preciso conhecer muito bem sobre o mercado. Vender revista é diferente de vender uma turbina, precisa pesquisar bem e dominar o assunto”, afirma Cruz. 

Além disso, o especialista diz que há vendas que envolvem mais de uma pessoa na negociação, o que pode dificultar ainda mais a negociação. “Não é só oferecer que a pessoa vai comprar”, diz. 

4. O bom vendedor nasce vendedor

Autoconfiança, persistência, paciência e entusiasmo são algumas habilidades e características que favorecem a atuação de um profissional na área de vendas. “Mas, todo mundo pode desenvolver e se tornar um bom vendedor”, afirma Cruz. 

Para Ortiz, mesmo para aqueles que têm um talento é importante se capacitar com técnicas e cursos. 

5. O bom vendedor é o que bate recorde de vendas

Vender muito não significa que o profissional seja um fenômeno de vendas. “Vender volume é uma coisa e outra é vender com resultado e não ter problema no pós-venda”, conta Cruz.

Depende da estratégia da empresa e da marca, mas o objetivo principal deveria ser solucionar o problema do cliente, segundo o especialista.

Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More