A Criatividade Como Fator de Riqueza

Soeli de Oliveira

Ser criativo é um processo inerente aos seres humanos, que nos acompanha do nascimento à morte, pois criatividade nada mais é do que a capacidade de gerar novas ideias. Sem a capacidade de resolver os problemas que ameaçam a sobrevivência, a espécie humana teria sido instinta da face da terra, como foram os dinossauros. Conforme destacou muito bem De Simone “as empresas devem se comportar como qualquer outro organismo vivo, adaptando-se constantemente às mudanças. Essa é a única maneira de sobreviver e ter sucesso”.

No universo nada é estático, ou as pessoas e empresas mudam ou então dançam. Entre tantos motivos para mudar, podemos destacar as seguintes necessidades:

– Mudar para evoluir

– Mudar para melhorar

– Mudar para se incluir

– Mudar para crescer

– Mudar para ser feliz

Tal como as águas correntes dos caudalosos rios, a história da humaninade segue o seu curso, por vezes constante e lentamente. Horas mais rápidas e em certos momentos de forma abrupta e revolucionária como as grandes quedas d’água, formando verdadeiras cataratas de mudanças. Entre tantas revoluções sociais e econômicas que passamos, podemos destacar: 

– A revolução industrial

– O racionalismo 

– A revolução tecnológica e a globalização

– A revolução da informação

– A revolução da criatividade e inovação.

A escassez é mais virtual do que física, reside no campo das ideias. Na aldeia global em que vivemos, mercados e tecnologias estão disponíveis, basta pagar o seu preço. Recursos são os que não faltam, a questão é querer ou saber acessá-los. Quando usamos a criatividade que está dentro dos nossos cérebros, podemos até ousar mudar o pressuposto da economia que afirma que os recursos são escassos e as necessidades ilimitadas, para as necessidades são escassas e os recursos ilimitados.

Somos seres gregários, formamos comunidades, nos protegemos e evoluímos em grupos. Mas a complexidade da sociedade atual exige mais do que isto das modernas organizações sociais e econômicas chamadas de empresas. A base para a expansão dos negócios dos novos tempos é o trabalho em equipe. Não pode faltar colaboração, respeito, compartilhamento, objetivos comuns e comprometimento, para que se possa alcançar resultados econômicos concretos e duradouros.

O trabalho em equipe tem o poder de:

– Liberar a criatividade e a energia, tornando a comunicação mais eficaz e interativa, possibilitando nova visão

– Aumentar o prazer pelo trabalho, pois todos os indivíduos desejam se sentir integrados 

– Ampliar as possibilidades de resolvermos problemas. Com frequência, o trabalho em equipe, é a única maneira de realizarmos determinadas tarefas. 

Uma das principais funções dos gerentes desta nova era, é o aprimoramento e o uso do potencial criativo dos profissionais por eles liderados, para isto o ambiente de trabalho deve favorecer:

– A autonomia

– A valorização de diferentes desempenhos. Para melhor perceber, é recomendável traçar metas pessoais

– O apoio e reconhecimento de novas idéias

– A formação de equipes com diversidade de perspectivas e formação 

– O envolvimento pessoal

Para crescer e até mesmo sobreviver, neste novo tempo de economia globalizada e hiper-competição, é necessário reinventar as organizações, mudando a forma de ser, liderar e de agir.

Soeli de Oliveira é consultora e palestrante do Instituto Tecnológico de Negócios nas áreas de marketing, varejo, atendimento e motivação. E-mail: soeli@sinos.net – Novo Hamburgo – RS.
Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More