Se Todo Mundo Está Chorando o Negócio é Vender Lenços

Por Sandro Magaldi 

Como em um ciclo sem fim, mais uma vez nos vemos às voltas com uma instabilidade econômica cujos impactos para os negócios já são sentidos. Gerações como a minha passaram por situações muito mais instáveis e agudas, porém, existe uma nova geração de brasileiros que não tem ideia do que é operar em um ambiente com inflação em níveis estratosféricos, em que o cliente adquiria um produto e não tinha ideia de qual era seu valor de fato. É natural que, dessa forma, a sensação seja de que perdemos o chão – novamente.

As organizações e seus profissionais são colocados à prova para posicionar-se de forma proativa e vencedora em um contexto mais hostil do que dos últimos anos. É natural um nível maior de preocupação e atenção, porém essa atitude não pode culminar com um estado de letargia que paralisa e congela todas as iniciativas mais ousadas e agressivas – a memória ainda é recente dos impactos negativos sofridos pelas organizações que tiraram muito o pé do acelerador na última crise mundial.

Essa atitude não é sustentável. É necessário arregaçar as mangas e fazer do limão a limonada. Por mais paradoxal que possa parecer, para que seja possível mirar nesse futuro mais próspero é necessário dar uma boa olhada para trás. Como dizem os americanos é hora do “back to basics”. Encontraremos as pistas para uma melhor adaptação a esse contexto ao orientarmos nossa análise aos princípios fundamentais da gestão.

Isso significa reconhecermos as claras limitações das práticas de redução de custos já que elas tendem a encontrar seu limite na medida em que se chega a um ponto onde não existe mais ganho relevante ou qualquer ponto de alavancagem. Assim, a única saída para um crescimento sustentável (ou para a sobrevivência de seu negócio) é vender mais e melhor.

Por mais estranho que isso possa soar diante de um cenário tão adverso, o fato concreto é que um ambiente hostil como o atual, menos comprador, favorece o incremento da importância da atividade de vendas nas empresas. A novidade é que essa valorização não acontece de forma indiscriminada por todos os contextos de vendas. A tendência é que exista uma demanda crescente por uma atuação comercial mais estratégica, menos tática. Uma ação mais abrangente da atividade que considera todo seu potencial de geração de valor à organização.

Estamos diante de um cenário que não é para amadores. Só mesmo executivos e empresas que encararem esse contexto de forma proativa e otimista conseguirão triunfar. Seguramente esse triunfo não será alcançado sem percalços e adversidades, porém nada que nós não possamos suplantar. Devemos ter a cautela de fugir de respostas fáceis quando temos perguntas complexas. Ser bem sucedido em tempos de bonança é uma coisa. Ser bem sucedido em tempos turbulentos como o atual é algo reservado aqueles que realmente sabem das coisas.

Um cenário para lá de desafiante, porém com uma recompensa da mesma proporção.


Fonte da imagem: Clique aqui

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More