Coluna do Daniel - 5 Tablets Que Vale a Pena Comprar no Brasil



Muitos me perguntam qual o melhor tablet para comprar, entre estas, meus alunos. Bem existem muitas variáveis a serem consideradas, seria como comprar um notebook, tem que se preocupar com a finalidade de uso, o tipo de processador, a durabilidade da bateria, entre outras preocupações. Em outra ocasião indiquei um teste feito pelo Olhar Digital sobre os tables chineses (ching lings), agora me deparei com esta matéria da EXAME no portal da revista online.

Considero a reportagem perfeita sobre os tablets que vale a pena investir seu dinheiro. Inclusive vale ressaltar aqui, que para algumas pessoas o tablets pode até substituir o notebook, pois vai depender do uso final, por exemplo, tenho um amigo que comprou um tablet para a esposa, onde a finalidade seria apenas aproveitar varias ocasiões no estudo para concurso e que seria mais fácil o transporte em bolsas comuns sem chamar a atenção para assaltos.

Então espero que a matéria seja esclarecedora para vocês que sempre me perguntam sobre o assunto.

5 Tablets Que Vale a Pena Comprar no Brasil

Do novo iPad ao recém-chegado Sony Tablet S, cinco modelos de tablets para diferentes necessidades e preferências 

Quem vai comprar um tablet no Brasil já encontra uma boa variedade de tamanhos, marcas e preços. Selecionamos cinco modelos com tela de 7,7 a 10,1 polegadas que estão à venda no país e que merecem ser considerados por quem procura um tablet. Quatro deles chegaram às lojas brasileiras neste ano: novo iPad, da Apple; Sony Tablet S; Galaxy Tab 7.7, da Samsung; e Xoom 2 Media Edition, da Motorola. O quinto modelo, o Eee Pad Slider, da Asus, é do final do ano passado.

Outros tablets virão nos próximos meses. A Samsung, por exemplo, deve trazer os novos Galaxy Tab 2, lançados neste mês em alguns países. Além disso, espera-se a estreia dos tablets com Windows 8 no final do ano. 

Tela Retina é destaque do novo iPad

Com mais de 60% do mercado, o iPad é, de longe, o tablet mais vendido no mundo. E há boas razões para isso. O tablet da Apple tem tamanho conveniente, com tela de 9,7 polegadas, e é um dos mais elegantes. Ele continua imbatível na quantidade e na qualidade dos aplicativos disponíveis. São mais de 700 mil títulos, contando aqueles criados para o iPhone, que também rodam nele. O iPad tem acesso à loja iTunes, que vende músicas, filmes, livros e revistas.

O modelo mais recente, o novo iPad, traz tela Retina de alta resolução, câmera de 5 megapixels e o potente processador A5X. Também tem acesso à internet pela rede celular 4G, ainda não disponível no Brasil. É oferecido com capacidades de armazenamento que vão de 16 a 64 gigabytes, com ou sem conexão 4G. A versão com 32 GB e acesso à internet via Wi-Fi apenas tem preço de lista de 1.749 reais.

Sony Tablet parece uma revista dobrada

O versátil Sony Tablet S está chegando nesta semana às lojas brasileiras. Traz design diferenciado, com perfil em forma de cunha, que lembra uma revista dobrada. Possui tela de 9,4 polegadas e roda o Android 4.0, a versão mais recente do sistema operacional do Google. A câmera principal, de 5 megapixels, filma em alta resolução (720p). Uma conexão sem fio DNLA transmite filmes, fotos e músicas a um televisor compatível.

O tablet da Sony tem um conector microUSB que aceita (em alguns casos, com a ajuda de um adaptador) um teclado, um pen drive, fones de ouvido ou um controlador de jogos do PlayStation 3, por exemplo. Além disso, há um entrada para cartão de memória (SD) que facilita a transferência de fotos e vídeos de uma câmera fotográfica para o tablet. O acesso à internet é feito via Wi-Fi apenas. Com 32 megabytes de capacidade de armazenamento, o Sony Tablet S tem preço de lista de 1.649 reais, mas é possível encontrá-lo por menos em algumas lojas.

Galaxy Tab 7.7 é compacto e veloz

O Galaxy Tab 7.7, da Samsung, começou a ser vendido no Brasil em março. Esse tablet foi o primeiro a ter uma tela do tipo Super AMOLED. Com alta densidade de pixels, ela exibe imagens nítidas e cores intensas. É uma opção atraente para quem busca um modelo leve e compacto sem abrir mão de uma excelente tela e de um processador veloz.

A tela do Galaxy Tab 7.7 é 2 polegadas menor que a do novo iPad. Mas ele pesa pouco mais da metade do peso do tablet da Apple – apenas 340 gramas. O tablet da Samsung tem uma câmera principal de 3 megapixels com flash de LED e outra frontal de 2 megapixels. Seu sistema operacional é o Android 3.2 e ele aceita um cartão microSD para ampliação da capacidade de armazenamento. Com 16 GB de capacidade e conexão 3G, o Galaxy Tab 7.7 custa cerca de 1.600 reais.

Xoom 2 ME é leve e resistente

O Xoom 2 Media Edition, da Motorola, é uma opção para quem procura um tablet levinho. Combina tela de tamanho médio – 8,2 polegadas – com peso de apenas 383 gramas. E, mesmo sendo leve, ele é resistente. A tela é coberta pelo vidro Gorilla Glass (também usado em outros tablets e smartphones) e as laterais são emborrachadas.

O Xoom 2 Media Edition roda o sistema Android 3.2. A capacidade de armazenamento é de 32 gigabytes, mas pode ser ampliada com o uso de um cartão de memória. Um trio de alto-falantes produz som acima da média dos tablets (mas ainda muito abaixo do que é possível obter com alto-falantes externos ou com um bom fone de ouvido). A câmera traseira é de 5 megapixels e, a frontal, de 1,3 megapixel. O tablet custa 1.250 reais com acesso à internet via Wi-Fi apenas. Por mais 200 reais, leva-se o modelo com conexão 3G.

Eee Pad Slider vira netbook

Quinta maior fabricante de tablets no mundo, a Asus faz sucesso com sua linha Eee Pad, que tem como principal atrativo a possibilidade de transformar o tablet em netbook. No caso do Eee Pad Slider SL101, para fazer a transformação basta estender o teclado deslizante, que fica oculto embaixo do tablet. É uma opção para quem quer ter tanto o teclado físico como a tela sensível ao toque.

O lado ruim dessa solução é que ela faz com que o tablet fique grandalhão, com 2 centímetros de espessura, e pese quase 1 quilo. O Eee Pad Slider SL101 tem tela de 10,1 polegadas e roda o sistema Android 3.1. Com 16 GB de memória a acesso à internet via Wi-Fi apenas, custa por volta de 1.700 reais.

Mais três tablets a considerar

Estes três modelos estão no mercado há mais tempo, mas ainda são boas opções:

iPad 2 — O modelo 2011 do iPad ainda é uma opção para quem gosta do tablet da Apple mas busca uma alternativa um pouco mais barata que o novo iPad. Com 16 GB de memória e acesso à internet via Wi-Fi, custa 1.299 reais. Com 3G, o preço sobe para 1.599 reais.

Galaxy Tab 10.1 — Esse modelo maior da Samsung oferece uma espaçosa tela de 10.1 polegadas. Com peso de 565 gramas e 8,6 milímetros de espessura, é um tablet leve para esse tamanho de tela. A versão com 16 GB e conexão 3G custa 1.500 reais. 

Iconia Tab A500 — O tablet da Acer tem tela de 10,1 polegadas e conta com uma saída HDMI para ligação a um televisor. Com 32 GB e conexão Wi-Fi, pode ser encontrado por 1.200 reais.

Fonte: exame.abril.com.br - Por Maurício Grego


Então fiquem atentos as novidades, outros modelos de marcas famosas estão sendo lançados, entre eles o tablet da GOOGLE. No mais prestem atenção a durabilidade da bateria dos tablets menos conhecidos.

Até a próxima e deixem seus comentários sobre seus tablets adquiridos e para meus alunos nos vemos na sala de aula.

Daniel Almeida
T.I. e webdesigner

 

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More