Série SEU NEGÓCIO - Saiba Qual é o Investimento Necessário Para Abrir Uma Franquia

Saiba Qual é o Investimento Necessário Para Abrir Uma Franquia

Gabriela Gasparin Do G1, em São Paulo


O investimento para abrir uma franquia pode variar de R$ 10 mil a R$ 1 milhão, diz a vice-presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Maria Cristina Franco. Para entrar no mercado, o aspirante a franqueado precisa calcular o quanto tem para investir e, só então, buscar as opções de marca dentro da área que escolheu, sugerem os especialistas. Isso porque, sem dinheiro na mão, não há como fechar nenhum negócio.

De acordo com Maria Cristina, a maioria das franqueadoras exige que o franqueado tenha uma parte do investimento a ser feito em capital próprio - que pode ser 30%, 50%, 80% ou até mesmo 100% do total.

"Antes de abrir um negócio, eu tenho que ter a clareza de qual é minha capacidade de investir e não contar com surpresas que podem acontecer", afirma a especialista. Exemplos para essas "surpresas" citadas por Maria Cristina é dar como garantia o valor de um imóvel que ainda não foi vendido ou uma aplicação no banco que ainda não pode ser sacada. "No dia a dia do negócio, os fornecedores não esperam, tem que ter capital disponível", sugere.

De acordo com a especialista, como o mercado de franchising no Brasil está cada vez mais maduro, muitas das marcas já definem o valor de capital próprio e algumas nem aceitam financiamento.


100% de capital próprio

André Friedheim, sócio-diretor da Francap, empresa de consultoria na área de franchising, diz que muitas franqueadoras pedem que a pessoa tenha 100% de capital próprio, o que mostra um comprometimento do franqueado no negócio. "Para os meus clientes, sugiro no mínimo 50%", afirma. De acordo com ele, contudo, há franqueadoras que exigem 100% para a primeira franquia e, para futuras unidades, exigem 50%.


Capital de giro

Friedheim sugere, ainda, que o franqueado tenha cerca de 50% do capital do investimento para o capital de giro dos primeiros meses de vida do negócio. A consultora em franquias Claudia Bittencourt sugere que esse porcentual seja de no mínimo 30%.

Um exemplo de valor necessário para investimento é a rede de lanchonetes Bob's. De acordo com informações no site da ABF, o investimento total para abrir o negócio vai de R$ 330 mil a R$ 1,380 milhão. Esse valor inclui o capital para instalação (de R$ 250 mil a R$ 1,250 milhão), a taxa de franquia (de R$ 30 a R$ 60 mil) e o capital de giro (de R$ 50 mil a R$ 70 mil).


Financiamento no banco

Até mesmo para buscar financiamento no banco o interessado terá de dar garantias à instituição, afirma Maria Cristina, da ABF. "Não dá para começar o negócio com 100% de capital financiado. Temos hoje taxas de juros adequadas ao empreendedorismo, mas não tanto assim", afirma.

Na Caixa Econômica Federal (CEF), por exemplo, há linhas de financiamento exclusivas para franquias. De acordo com o gerente regional de pessoa jurídica da Caixa em São Paulo, Fernando da Costa Passos, os percentuais de financiamento variam de 20% a 60% do projeto do interessado.

Contudo, as linhas são aplicadas somente para 72 franqueadoras pré-avaliadas pela Caixa, para as quais a instituição financeira mantém o crédito pré-aprovado para toda a rede. "Se a pessoa for abrir uma franquia nova que não seja daquelas pré-aprovadas, aí ela vai ter bem mais dificuldade [para conseguir o crédito]", afirma o gerente.


Fonte: http://g1.globo.com/economia/pme
Fonte da imagem: Google imagens

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More