Qual é o problema da concorrência?

por Jeffrey Gitomer

“Competição é saudável!”, “Há bastante espaço para todos!”. Hã?! Quem diz esse tipo de coisa? Certamente, ninguém em minha vizinhança. A grande verdade é que a maioria das pessoas quer que a concorrência morra, feche as portas do negócio e nunca mais se ouça falar dela.


A realidade

As vendas ainda estão abaixo do esperado para muitas empresas e existem menos prospects disponíveis. Consequentemente, a busca por mais e novas vendas e, especialmente, a busca pelo cliente da concorrência se intensificou.


Atenção

Neste exato momento, um concorrente seu está tendo uma reunião. Os profissionais estão planejando baixar o preço, roubar seus clientes e enterrar sua empresa sem dó nem piedade. Sim, é uma guerra disputada cliente a cliente, ação a ação. E o vendedor precisa ter as armas certas para usar nesse campo de batalha, como:

• Oferecer valor que signifique algo para o cliente.

• Mostrar que você oferece algo diferente do que a concorrência tem e por quê.

• Disponibilizar um serviço inesquecível.

• Possuir a melhor presença na internet.

• Ter os indivíduos mais amigáveis e que ajudam da melhor maneira.

• Obter a resposta mais rápida e precisa.

• Ter as pessoas que entendem melhor aquele produto/serviço.

• Estar disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias no ano – é o mínimo aceito hoje em dia.

• Ter a melhor reputação, com uma longa história de sucesso e de clientes felizes.

• Ah, sim! E, muito de vez em quando, ter o melhor preço.



As estratégias

• Respeite sua concorrência. Se falarem mal de você, não entre na guerra de lama.

• Conheça a fraqueza dos outros, mas concentre-se na sua própria força e valor.

• Se a concorrência ganhar um cliente, descubra por que aquilo aconteceu.

• Saiba o que eles falam de você e coloque respostas em sua apresentação. Mostre por que aquela afirmação é errada (suas vantagens), mas não ataque-os!


Ideia

Meu amigo Ray Leone fala para os vendedores se referirem à concorrência como “padrão do mercado”, e isso é brilhante! Ele diz algo como: “O padrão do mercado é X, mas nós oferecemos X mais Y”.


Segredo

Testemunhais também são valiosos. Deixe que seus clientes falem sobre seus produtos ou serviços, pegue depoimentos de pessoas que compravam da concorrência e agora estão com você. Encontre alguém que era seu cliente, foi para a concorrência e voltou! Quando você fala sobre outras empresas, é venda da pior qualidade, mas, quando seus clientes falam, é evidência.

Você não ganha comissão para falar mal dos outros e sim para conhecer o cliente, desenvolver um relacionamento, criar uma comunicação aberta, falar e receber a verdade, criar credibilidade, ganhar confiança e provar seu valor – e você consegue tudo isso ao fazer perguntas para o cliente.
Se a concorrência aparecer nesse meio-tempo, será quando o cliente falar. Tudo o que você tem de fazer é dizer: “Puxa! E depois disso, o que aconteceu?” ou similar. O processo da venda continuará a fluir a partir daí.

Lembre-se de que sua vitória sobre o concorrente acontece quando o cliente assina o pedido com você!


Jeffrey Gitomer é autor de A Bíblia de Vendas e um dos palestrantes mais respeitados e requisitados do mundo. É colunista de importantes revistas de negócios.

Fonte: Revista VendaMais

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More