Os 10 Mandamentos Para Uma Campanha Bem-Sucedida de Gestão de Idéias

por Nilson Cortez Junior

A Gestão de Idéias é um assunto relativamente novo dentro das empresas brasileiras. Para algumas, um tabu que confere certo receio. Afinal, o que pode acontecer se minha empresa der um passo, por mais tímido, rumo à democratização da gestão.

O ceticismo sobre a eficácia da Gestão de Idéias tem caído aos poucos, mas pode ser confirmado se a empresa fizer uma tentativa desestruturada. Uma campanha traz grandes resultados se obedecer a mandamentos simples. Nossa experiência no assunto nos permite elencar os dez principais.


1) Grandes idéias não precisam ser complicadas

Em praticamente todas as empresas e instituições nas quais implantamos nosso sistema, as grandes idéias que surgiram não foram invenções complicadas. Foram saídas simples para situações corriqueiras. Ajudaram a empresa a economizar tempo, dinheiro e a aumentar produtividade.


2) Grandes idéias também vêm do “chão de fábrica”

Nas grandes empresas, a “base” nem sempre é ouvida. Conhecer o “chão da fábrica” é um ativo que o gestor não pode desperdiçar. Traz uma visão que os executivos da diretoria dificilmente enxergam e saídas interessantes para problemas crônicos.


3) Ser ouvido é um incentivo e tanto

Uma campanha de Gestão de Idéias tem o pé fincado na democratização da gestão. Ao ser ouvido e ter sua opinião levada em conta, o colaborador se sente parte da empresa e trabalha com mais compromisso.


4) Retorno para todas as idéias

Mesmo as sugestões que não servem merecem respeito. Se o colaborador dá a idéia e não recebe retorno, sente-se desrespeitado. O feedback é um dos pontos centrais de uma campanha bem-sucedida de Gestão de Idéias.


5) Definição de metas

Primeiro, detalhe ao máximo aonde sua empresa quer chegar. Que problemas desejam corrigir? Que tipo de inovação pretende colocar em prática? Há um prazo? Quanto mais foco os desafios apresentarem, mais resultados a campanha irá colher.


6) Definição de premiações e reconhecimento

Os colaboradores participam da campanha quando sabem que resultados práticos eles terão. Defina uma premiação: valor em dinheiro, curso, folgas, viagem, um objeto ou mesmo o reconhecimento público do esforço do funcionário. Muitas vezes, uma homenagem vale mais do que um cheque.


7) O bom exemplo ao lado

O colaborador que participou do programa de Gestão de Idéias e foi premiado vira uma referência positiva na empresa. Os outros colaboradores enxergam em seu exemplo a personificação do sucesso da campanha e são incentivados a participar com mais afinco. Uma bola de neve positiva.


8) Diferencie o perfil dos seus colaboradores

Ao lançar uma campanha de Gestão de Idéias em sua empresa, você identifica perfis distintos entre seus colaboradores. Na prática, consegue apontar quem está mais comprometido com o sucesso da empresa a partir do nível de participação. Quem está de passagem e quem quer fazer carreira.


9) Idéias ajudam a sair da crise

Se a ordem é cortar custos, maximizar o tempo de cada colaborador e aumentar produtividade, a campanha de Gestão de Idéias é um caminho barato para buscar os objetivos. Pode economizar as dezenas de milhares de reais que uma consultoria externa custaria.


10) Busque o que só os outros enxergam

Nós estamos tão concentrados em nossos ofícios que, muitas vezes, não enxergamos detalhes óbvios que poderiam ser melhorados. Um case de sucesso neste sentido é a Confraria de Idéias, criado pela nossa empresa, a Ideias10. A Confraria reúne executivos com formações completamente diferentes para discutir um determinado tema, que pode ser um problema de sua corporação ou um desafio de como melhorar algo. Uma consultoria diferente que nos traz um diagnóstico que só seria alcançado mediante pesquisas externas.


O detalhe é que a Confraria funcionou para que a própria Ideias10 se desenvolvesse e corrigisse uma série de rumos, também partindo de um pressuposto básico: há uma enorme diferença entre a imagem que queremos passar e a imagem que o mercado tem da nossa atividade.

Nilson Cortez Junior é consultor em Gestão de Inovação, especialista em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas.

Fonte: Empreender para Todos

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More