Quebrando Paradigmas Sobre “Educação A Distância”

por Simone do Nascimento da Costa

Primeiramente é importante falarmos que a educação a distância acontece apenas no nome!

É preciso dar um basta aquelas concepções de que esta modalidade de ensino serve apenas para a obtenção de um diploma. Contudo é preciso salientar que os empresários e até mesmo, os próprios estudantes, que pensam desta maneira encontram-se completamente equivocados sobre as potencialidades que este tipo de ensino pode proporcionar a um indivíduo.

Sabemos muito bem e os jornais não me deixam equivocar, de que os principais assuntos que envolvem, por exemplo, cadernos de negócios, de uma forma ou de outra, acabam abordando o aspecto ”competitividade”, da mesma forma que também o caderno de empregos, além das vagas de empregos disponíveis com os diversos perfis exigidos para cada vaga traz informações sobre a necessidade de aperfeiçoamentos e dicas sobre o mercado que os profissionais em busca de uma recolocação irão encontrar.

Quantas reportagens lemos diariamente, que retratam as qualidades dos bons profissionais para uma organização!

Dentre algumas características que estes profissionais precisam ter citarei algumas:
• Facilidade para trabalhos em equipe, inclusive bom relacionamento com seus colegas de trabalho.
• Diferenciação e flexibilidade. Valoriza-se o colaborador que se mantém em constante atualização e adepto a mudanças. As organizações já possuem máquinas para produção de seus equipamentos, inclusive computadores; desta forma não precisam de colaboradores “robôs”; e sim dos colaboradores “comprometidos” com suas estratégias de mercado.
• Pró-atividade e criatividade. Neste caso, buscam os profissionais que querem se superar a cada novo desafio e que transformam esta oportunidade em novas idéias para o contexto organizacional.
Agora, vamos detalhar rapidamente, as características pertinentes ao Ensino a Distância. Sabemos que o Universitário ao realizar essa escolha, precisa de:
• Conscientização do bom trabalho em equipe, visto que não existem bons trabalhos sem delegação de tarefas para cada integrante.
• Busca de conhecimento, pois as aulas exigem investigação e muita leitura.
• Disciplina e Organização, pois é através delas que as atividades serão entregues no tempo estipulado e darão espaço para maior tempo de estudo e coleta de informações.

Realizando comparações é possível perceber que o Ensino a Distância possui características necessárias e preparatórias para o profissional que procura obter chances de sucesso em uma nova organização. É evidente que essas características somente serão positivas, à medida que o curso for tratado com seriedade e responsabilidade.

Lamento dizer que o “diploma” que nos é entregue quando realizamos qualquer curso em uma Universidade, se trata apenas de um Documento Comprobatório que realmente realizamos aquele tipo de Graduação ou Especialização, porém a grande diferença se dá ao passo que buscamos e alcançamos o aprendizado que realmente nos levará á grandes resultados.

Nosso diploma não nos dá certificação de sucesso! Quem deve ir buscá-lo somos nós mesmos!

É necessário compreender que os meios pelos quais procuramos um melhor aprendizado devem ser os mesmos pelos quais seguimos em busca de um bom emprego, de uma boa colocação no mercado de trabalho ou até mesmo de uma organização que nos dê oportunidade de carreira.

Os alunos que freqüentam um curso presencial ou um curso a distância, só têm diferentes papéis, quando o aspecto se releva ao questionamento, que inclusive podemos nos perguntar agora:
- O que estamos buscando?

Se a resposta for uma cadeira confortável para sentarmos, acompanhada de conteúdos prontos – você pertence ao grupo “quero um diploma”!

Porém se respondeu que precisa de uma aula explicativa que lhe dê subsídios para ir em busca de mais conhecimento! Parabéns! Você faz parte do que chamamos de profissional altamente competitivo para um mercado cada vez mais exigente!
Dentre o que foi exposto acima, onde estão as diferenças?

- Existem diferenças?

É evidente que sim! Mas as diferenças estão em nossas atitudes! Como seremos empreendedores se buscarmos o confortável o tempo inteiro?

Os grandes empresários, os profissionais de sucesso não tiveram apenas tempos de bonança! Eles empreenderam suas carreiras e isso compete “errar e acertar”.
Convido a todos para alguns questionamentos:
- Falando um pouco de nossos futuros profissionais. Já que somos protagonistas do nosso próprio sucesso estamos sabendo empregar todas as necessidades que o mercado aponta como competitivas?
- Estamos aproveitando todas as oportunidades que nos foram propostas?

Pensem nisso!

Simone do Nascimento da Costa
Universidade Metodista de São Paulo

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More