Apresente-se...

Para conquistar um emprego, passe suas informações de forma clara e objetiva

O mais importante ao redigir seu curriculum vitae é a clareza e objetividade, para que o recrutador encontre com facilidade as informações. Em geral, os profissionais de RH seguem alguns parâmetros na análise do currículo, por isso, é fundamental que todas as informações estejam bem claras.
.
- Dados Pessoais: não é necessário citar os documentos, basta nome, data de nascimento e estado civil. Filhos também não é uma informação essencial no C.V.


- Objetivo: neste espaço escreva somente o cargo/função pretendida. Aquele para o qual você esta efetivamente preparado. Cabe mais de um somente se você tiver experiência. Exemplo: professor de inglês e/ou coordenador pedagógico.

- Qualificações Profissionais: todo o cuidado é pouco. Este é um espaço fundamental do currículo. Utilize esse item para destacar o seu diferencial, para “vender seu peixe”. É permitido escrever na 1ª pessoa. Cite funções especializadas; ganhos e performaces que teve. Detalhe importante: especifique os sistemas que domina, pois nem sempre o recrutante conhece exatamente a área em questão. Isso ajuda muito quem está com seu currículo nas mãos. Projetos e premiações importantes recebidas completam o diferencial. É aqui onde o recrutador vai analisar se o seu perfil e qualificações se encaixam na vaga pretendida. Então, vale caprichar sem ser redundante. A objetividade é o tom.
.
- Formação: superior e pós-graduação.

- Cursos e Palestras: sobre os cursos somente coloque os que realmente valorizem seu perfil dentro da área pretendida. Palestras e cursos de rápida duração são dispensáveis.

- Idiomas: se for fluente deixe claro. Em caso negativo o melhor é informar que esta cursando o nível x, y. O nome da escola é dispensável.

- Viagens ao Exterior: esta é uma informação valorizada pois indica vivência em sociedades diferentes, novas informações etc.

- Informática: hoje é básico, então só vale destaque se você domina um programa diferente do senso comum. Não caia na tentação de escrever “usuário do Word, Office e Excel”.

- Experiência Profissional: hoje é fundamental citar o ramo de atividade, porte e origem das empresas nas quais você trabalhou. Isso é um facilitador para os profissionais de Recursos Humanos. O consultor de RH, Fábio Silva, explica que é comum receber currículos com nomes quem nem sempre remetem ao campo de atuação da empresa e o consultor ter que checar essa informação para saber se está dentro da área da vaga em questão.

Basta citar no máximo quatro empregos, em ordem decrescente do mais recente para o mais antigo, especificando cargo, data de admissão e de saída. Promoções relevantes devem fazer parte das qualificações.

Fonte: Boletim Informativo Viena, ano V, nº 17 – 02/2008
Fábio silva, consultor de RH

Leia ainda:


.
.


0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Envie para sua rede

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More